Um lembrete!

Um lembrete!
Vale um lembrete aos pais sempre!!!

* O Peru medroso...




Esta fábula nos mostra o quanto os excessos, seja lá daquilo que for, podem nos trazer problemas.

Pessoas há que nem vivem, sempre com medo de tudo e todos.

Não se arriscam à nada. Isso em todas as situações.

Não mostram as suas caras, por medo de julgamentos, de críticas; outras, ficam trancafiadas em suas casas, e por aí vai.

Os cuidados e prudência são necessários em nossas vidas, mas vamos viver sem tantas neuroses...mostrar a cara, dá-la aos "tapas da vida".

Pelo menos, teremos vivido!

Sempre com discernimento, as coisas caminham melhor!!!(Chica)


A prudência manda não atentar demais aos perigos.

Gordo peru e lindo galo costumavam empoleirar-se na mesma árvore. A raposa os avistou certo dia e veio vindo contente, a lamber os beiços como quem diz:
-"Temos petisco hoje!"Chegou.

Ao avistá-la o peru leva tamanho susto que por um triz não cai da árvore.

Já o galo o que fez foi rir-se; e como sabia que subir à árvore a raposa não subia, fechou os olhos e adormeceu.

O peru, coitado, medroso como era, tremia como varas verdes e não tirava do inimigo os olhos.

- O galo não apanho, mas este peru cai-me no papo já... - pensou consigo a raposa.

E começou a fazer caretas medonhas, a dar pinotes, a roncar, a trincar os dentes, dando a impressão duma raposa louca.

Pobre peru! Cada vez mais apavorado, não perdia de vista um só daqueles movimentos.

Por fim tonteou, caiu do galho e veio ter aos dentes da raposa faminta.

- Que tolo animal! - exclamou o galo acordando.

Morreu por excesso de cautelas.

Tanta atenção prestou aos perigos, que lá se foi ...

(Monteiro Lobato ,do,livro Fábulas e Historias diversas )

Um comentário:

fabíola disse...

MÃE,
FICOU UM AMOR O SEMENTINHAS...ADOREI O MASCOTE COMENDO OS MORANGUINHOS E AS FÁBULAS TAMBÉM!!!
BJSSSS
NECA