* Uma história de Natal...




Era época de Natal e as ruas estavam movimentadas, as lojas com suas vitrines todas enfeitadas, esperando o Natal.

As crianças passavam pelas lojas e ficavam admiradas de ver tantos brinquedos, tantas coisas lindas.

Todos se encantavam até os adultos.

É porque adulto também ganha presente do Papai Noel.

Naquele dia Julio estava um pouco cansado, pois tinha estudado bastante era fim de ano, precisava terminar com boas notas.

Nesta época além de estudar ele fazia um curso de marcenaria. Julio tinha uma habilidade fora do comum, sabia montar cadeiras, armários e muitas coisas mais.

Sendo assim seu pai achou que seria interessante que ele fosse aprender com um marceneiro da cidade.

Naquele dia apesar de estar cansado foi para a marcenaria e lá chegando viu o Sr. José, o marceneiro aprontando um monte de cadeirinhas.

Perguntou então: - Porque está fazendo tantas cadeirinhas?

E o Sr. José respondeu:

- Faz parte da mobília que estou montando. Já fiz as camas , as cômodas e agora faltam as cadeirinhas.

- O senhor vende para as lojas ?
- Não, eu não vendo.

Eu dou para o Papai Noel, e ele entrega para as crianças de presente!

- Nossa! Sua idéia é muito legal. Será que também posso fazer alguma coisa?

- Claro! A gente sempre pode ajudar.
- Então eu poderia fazer algumas mesinhas. Posso até desenhá-las.

- Vou arrumar madeira para você meu garoto, e pode já começar o trabalho.Julio trabalhou bastante e o Sr. José também. Envernizaram e pintaram toda a mobília.

Ficou uma gracinha mesmo. Trabalharam até tarde para entregar tudo ao Papai Noel.
- Sr.José, o Papai Noel virá até aqui buscar?

- Não meu caro Julio. Eu mesmo vou levar até ele.Que pena, pois gostaria de conhecê-lo.

- Então ele não virá aqui?

- Não. Como já disse levarei até ele.

Julio esqueceu do assunto e foi para casa.

Depois de ter trabalhado muito e ter feito um monte de mesinhas, cadeirinhas, caminhas, finalmente chegaram ao fim.

A próxima semana já seria Natal.

Na escola a professora pediu para que todos escrevessem uma cartinha para o Papai Noel.

Julio pensou, pensou...

- O que vou escrever para o Papai Noel? Aí de repente, veio a idéia:

" Caro Papai Noel

Sou um menino ainda, mas gosto muito de trabalhar com madeira.
Hoje terminei todas as mesinhas, que o Sr Jose o marceneiro que me ensina,irá levar para o senhor.

Gostaria de lhe pedir o favor de distribuir todas as mobílias para as menininhas, principalmente aquelas que não tem muitos brinquedos.

Porque, aquelas que têm muita coisa, não vão se importar com simples mobílias feitas de madeirinhas.
Papai Noel, para mim não precisa trazer nada, já tenho tantos brinquedos.

Eu ficando com a minha bicicleta para ir até a escola e a marcenaria, já está muito bom.

Portanto vou colocar todos os meus brinquedos dentro de um saco.

Como não sei onde encontrá-lo, vou entregar ao Sr José para que ele leve até o senhor.

Por favor, distribua para todos aqueles que lhe pediram um brinquedinho, pois assim ninguém ficará sem receber nada.
Assinado Julio"

Entregou a carta para a professora. Esta colocou num envelope e despachou para o Papai Noel.

Este recebeu todas as cartas e também o saco de brinquedos do Julio.

No dia de Natal quando ele levantou e foi abraçar os pais, teve uma grande surpresa!

Encontrou na sala, uma maleta com todas as ferramentas para poder trabalhar em suas madeiras.
- Mas eu não pedi nada para o Papai Noel!

Dentro da caixa havia um bilhete:

“Para um menino caridoso,Um menino bondoso e merecedor.Faça muitos brinquedos que entregarei sempre para todas as crianças.
Assinado: Papai Noel”

Julio cresceu fazendo brinquedos e hoje, já adulto, tem uma grande fábrica de brinquedos, mas nunca esquece de enviar um saco cheio deles para o Papai Noel distribuir.

Como vocês vêem é dando que se recebe.

Praticar o bem, mesmo para quem não se conhece.
Feliz natal amiguinhos!
Feliz natal para todos! (Marlene B. Cerviglieri)

Um comentário:

  1. Chica,está linda demais essa história da Marlene.Uma lição de amor e bondade para adultos e crianças.Parabens ás duas!

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥