* O dragão da lavanderia...





O Dragão da lavanderia




Era uma vez uma menina chamada Sofia que morava numa casa próxima da floresta.

Na casa de Sofia tinha uma lavanderia, sua mamãe lavava suas roupinhas ali, esfregava as roupas mais encardidinhas no tanque e depois as colocava na máquina de lavar, às vezes as roupinhas estavam tão sujas que precisavam ficar de molho no alvejante.

Num belo dia, a mamãe de Sofia estava cantarolando toda contente na lavanderia, enquanto a menina brincava com seu papai na varanda quando de repente ouviu um barulhão seguido de um grito que vinham de onde a mamãe estava:

“_ Arggggggggggggghhhhhhhhhhhhhhh! Soooooocooooooorrooooooooo!!!” - gritava a mamãe.

O papai de Sofia correu para saber o que tinha acontecido:

“_Meu amor o que foi? O que aconteceu?

" A mamãe vendo que Sofia olhava assustada tratou de responder:

“_ Um dragão enorme estava dentro do balde de roupas, quando fui pegar o balde, lá estava ele saltando para o tanque, foi horrível.” ·

Sofia no mesmo momento começou a imaginar a cena, um dragão daqueles que vira nos filmes e nos desenhos animados, ali em sua casa, que coisa bacana!

Mas dentro de um balde? Achou graça.

"Quando papai encontrar este dragão, uauuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu.

Vou pegar uma salsicha na geladeira e pedir pra ele cuspir fogo nela e deixá-la bem quentinha para colocá-la em meu pão com maionese e cat-chup, hummmm que delícia.” ·

Enquanto isso seu pai procurava incansavelmente pelo "dragão" que mamãe tinha encontrado, ou seria o dragão que encontrara a sua mamãe?

A imaginação de Sofia voava, já se imaginava em cima do dragão...

“Ah, que legal! O dragão do desenho sabia voar, será que este dragão da mamãe também sabe?

Vou pedir a ele para subir em suas costas e voar pelas ruas daqui, nunca as vi lá de cima...” ·

E voava mais alto:

“Vai dar pra fazer churrasco sem acender a churrasqueira, hehehehehe, é só pedir pro dragão assoprar a carne crua dentro do prato...” ·

A cada instante, uma nova ideia surgia, mas nada do papai encontrar o dragão até que...

"_ Aliiiiiiiiiiiiiii, está aliiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, pega, pega." - gritou a mamãe apontando para debaixo do armário da lavanderia.

“Que estranho, como um dragão caberia debaixo de um armário?” - estranhou Sofia.

O papai, tal como um príncipe corajoso e guerreiro pegou o dra... drag... dragão????

"_ Ué papai, mas isto não é um dragão, é uma lagartixa!" - retrucou a menina.

“_ Meu príncipe, meu reiiiiiiiiiiiiiii, você capturou esse dragão horrível!" - agradecia a mamãe.

Sofia ficou um catiquim decepcionada em ver que o dragão não se tratava bem de um dragão e sim de uma indefesa lagartixa, que sua mãe tinha verdadeiro pavor, mas ainda assim continuou sonhando...

“Pensando bem não vou conseguir subir em suas costas para voar...

Ainda sobrou sua cauda, será que ela me levaria sentada ali para subir pelas paredes e no teto para eu poder ver o mundo de cabeça para baixo?" _ continuou com seus devaneios.

4 comentários:

  1. LEVEMOS CONOSCO SEMPRE
    NOSSA CRIANÇA INTERIOR
    SERÁ SEMPRE NOSSA GUIA
    NA IMAGINAÇÃO, NOSSAS "VIAGENS"

    ResponderExcluir
  2. Por aqui o Dragão ficou ainda mais colorido!

    ResponderExcluir
  3. Chica,

    ~Você dá cabo de mim com tantos blogs criativos.
    Este faz soonhar... e sorrir...
    Os dragões-lagartixas, rs

    Um abracinho - este blog dava para colocar em livro, infantil - já pensou?

    Jinhos carinhoso
    Arco-íris

    ResponderExcluir
  4. Lindo Dragão, linda fantaia de criança, eu adorava ver as lagartixas quando pequena, bjsssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥