* Pipas no ar...


Pipas no ar

O amor tão fraterno tão pueril
É a epiderme dum sonho céu anil
Que dos Homens reveste os ideais
De sermos na Terra todos iguais
Mãos abraçadas corações unidos
Ódio sede do ter vilões vencidos

Entre hastes de uma flor o puro
Amor será bandeira do futuro
Há um verde mar de Esperança aberto
No seio das crianças descoberto

Quando cantam “Meu Brasil varonil”
_Céus! Afastemo-las do olhar vil
Que em Paz suas pipas voem no ar
Em cem mil milhões formas de voar!...

Teresa Cristina-Flor de caju

4 comentários:

  1. Que a Liberdade da criança brincar seja nossa bandeira... Meu carinho a ti, Chica!...

    ResponderExcluir
  2. voltarei em breve ;)

    S gostar de meu blog nao exite em seguir meus textos, meus desabafos, meus pensamentos e minhas historias de vida !!

    beijinho sicero

    Miriam*

    ResponderExcluir
  3. Adorei ese poema tão terno e de esperança ao Brasil melhor e de paz! bjssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Ciao Chica, per ora grazie. Ti scrivo presto. Un saluto a Franco. Ciao

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥