* A Canoa Desvirou...




A canoa desvirou



A canoa virou por deixarem ela virar
Foi por causa de tantas redes
Que o barqueiro mal conseguia remar.
Se fosse uma fada e pudesse mergulhar
Sem me afogar,
razia barqueiro e enredados peixes
Para praias de meu farol.
Se fosse uma fada e soubesse voar
Sem me despedaçar,
Levava todos para longe do sol
Bem perto do mago Luar.

Se eu fosse um peixinho
Sem me esfalfar,
Soprava areia branquinha
Pelo fundo do mar.

Se fosse uma fada
Jogava pirilimpimpim
na canoa que desvirou,
Lá, bem no meio das ondas do mar.
E cantaria sob as estrelas.
E dançaria com peixes
E contaria ao barqueiro
histórias ao luar.

Não sou fada.
Não sou peixinho.
Mas posso sonhar
Com redes de tantas canoas

Que fadas
peixes
pirilimpimpim
salvaram
lá do fundo do mar.

Irlam Rekrem( Mausi)
http://recantodasletras.uol.com.br/poesiasinfantis/1902992

7 comentários:

  1. Bellissimo quadretto!
    Buona fine settimana chica.

    ResponderExcluir
  2. Adoroooooooooooooo!!!! voltei a infancia,muito obrigada! bjosss no coracao.

    ResponderExcluir
  3. Chica,muito linda e mágica poesia!Gostei demais!Bjs,

    ResponderExcluir
  4. Que encanto de blog, Chica querida!!

    As sementinhas sempre brotam felizes.

    Beijos e muito obrigada pelo seu gentil comentário no Empório.

    ResponderExcluir
  5. Acredite que eu acredito mesmo nisso.
    As Nereidas do mar fazem coisas sim...

    ResponderExcluir
  6. Adoreiiiiiiiiiiiiiiii vou ver se canto esta nova versão pra alice rsrsrsrsrs, bjss amiga! Vai ver o lanaçmento maravilhoso que deixei no Poesia do Bem

    ResponderExcluir
  7. Que linda cantoria, amo as musicas de cantigas de roda, simplismente lindas...

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥