A sementinha redondinha


E era uma vez uma sementinha redondinha.

Quando o fruto onde ela vivia com as suas irmãs sementinhas ,duma árvore majestosa frondosa , caiu no chão da terra batida e abriu
apenas ela a mais redonda de todas assim com um biquinho em cada ponta e por ser redonda rebolou, rebolou e nunca mais parava porque a colina era inclinada .

E só parou ao fundo onde passava um rio sempre muito apressado parecia zangado.

Sementinha ficou toda molhada e viu logo que estava perdida.

Ainda perguntou ao Sr. rio como havia de fazer para subir e com as suas irmãs ir ter.

Sr. rio disse-lhe são horas…são horas.. para chegar ao mar eu não tenho tempo agora de lhe atender e lá ia caudaloso a fugir.

De que fugia Sr. rio pensava a sementinha.

Mas ele caia também do alto da colina e ia por ali fora tão apressado.

Sementinha secou sacudiu-se bem e perguntou as árvores que estavam na margem como fazer para voltar .

Tens que ter coragem disse-lhe uma que parecia mais atenciosa, senão o rio que está a aumentar leva-te para outro lugar.

Ele nasce lá em cima e é muito forte leva muita água.

Sementinha começou a chorar. Chio …chio…

Ó sementinha não chores eu vou levar-te.

Sementinha olhou e viu um lagarto verde e brilhante com olhos de inteligente.

Vais levar-me ou vais comer-me.

Não.Eu vou levar-te para tua mãe e irmãs.

Eu sou muito esquisito e só como bons petiscos saborosos e tu és uma semente de árvore, não serve para comer mas para dar sombra.

Sementinha sentiu-se um bocadinho incomodada mas não se importou com a definição.

D. Lagarto disse;
- Salta para cima das minhas costas agarra-te bem ,tu és muito redonda vê bem se te agarras como convém.

Sementinha assim fez e D. Lagarto lagartão trepou a encosta e levou a sementinha as costas para o seu lugar.

Encontrou as irmãs a brincarem e a mãe a descansar na terra.

Como ensina a boa educação
agradeceram a D. Lagarto lagartão
e enquanto ele descia cantavam uma cantiga e acenavam a despedirem-se.

Obrigado, D. Lagarto!
D. Lagarto lagartão.
Tens um bom coração!

Trouxeste a nossa irmã
Que é redonda como um limão
Vamos para a terra semeadas
É essa a nossa função.
Daremos boas árvores de sombra
Tu agora és um amigão
Podes vir fazer uma sesta
Sempre te faremos festa
D. Lagarto lagartão..

E acabou a história
Que foi uma vitória

6 comentários:

  1. Que amor!
    e acabou a historia...Chica eu adoro aqui!bjoss no coracao
    tenho quase decorado alguns textos para contar a historinha...

    ResponderExcluir
  2. Aiaiaiai,que delícia . Demais viu! E eu com as minhas todas paradas. Chego lá..chego lá! Uma hora consigo né?! Então no meu blog está escrito arletesam. Se ela não tiver blog, por favor a agradeça por mim ok! bjão

    ResponderExcluir
  3. Olá Chica. Realmente esse texto é muito bom. E mostra também que precisamos das pessoas.
    Um grande abraço.
    Beijinho...

    ResponderExcluir
  4. Que gracinha essa história da sementinha!A amizade,a boa ação podem estar presentes de quem menos se espera!Bjs,

    ResponderExcluir
  5. better search engine ranking sempo seo backlink service backlinks check

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥