* Contos de Neve a Encantar VII

Era uma vez…
Donzela tão pobre,
Sonhava, talvez,
Um vestido nobre

Em dia de noiva
De frio Janeiro,
Mas só tinha à prova
Vestido caseiro

De chita barata
Às flores miudinhas
Qu’ela costurara
Com primor e linhas…

O noivo, feliz,
De branco a sonhava
Em seda e cetins
E luz que cegava

Seus olhos cativos
De amor por ela…
Mas, que eram vestidos?...
Ela era a mais bela!

Em feliz enlace
Quis a manhã fria
Que os acompanhasse
Neve nesse dia.

Na álea empedrada
Pétalas caíam,
Na entrada da orada
Seus passos luziam…

E as flores do vestido
Foram-se enfeitando
De branco tecido
De puro encanto.

Nos cabelos negros,
Cristais preciosos,
Jóias de um tesouro
Em flocos vistosos.

E o ramo singelo
Que ela trazia
Eram flores de gelo
Que o amor fundia…
 

Chegou José

Não interessa que seja singela
que pertence ou não à nobreza
o amor que traz dentre dela
esse sim é, que tem muita beleza

12 comentários:

  1. O que importa, mesmo que não tivessem os confortos de uma vida abastada, eles tinha o amor verdadeiro...

    Fique com Deus, menina Chica.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Chica, minha joaninha de asas de amizade!! Doei e esqueci, né?... tudo bem, a dádiva deve ser esquecida, mas só no sentido da cobrança, nunca no de cuidado! e eu devo, porque devo, cuidar estas sementinhas, que também são minhas!! Prometo vir ao teu jardim mais vezes, ele é um encanto de cor, miminhos e sabedoria! Ah, e vou ver se te envio mais umas sementinhas, tá?... Beijinho muito graaaande!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Chica,
    Que poema lindo.
    Cheio de sentimento e amor.
    E com isso basta apenas o sorriso o resto é dádiva.
    Beijinho.

    Fernanda.

    ResponderExcluir
  4. OI Chica,
    agora venho aqui diariamente buscar leitura para as minha filhas. Sempre encontro leitura de excelente qualidade.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Que gracinha, adorei!!
    Tomara que ela não tenha sentido frio,né?
    bjs e bom fds

    ResponderExcluir
  6. Esse canto do Sementinhas, cada dia, leva-nos à infância que nunca acaba em nós. Maravilhoso poema. Parabéns para você, Chica, e para a autora.Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Mais do que luxo, importa o amor e o respeito, não é?
    Bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia chica, que o seu final de semana seja bem legal como vc. Estsva lendos esses versos tão lindos de uma ingenuidade tão bela, enquanto existir alguem que faça coisas tão belas, ha esperança de um mundo melhor para todos. um abraço com muito carinho. Celina

    ResponderExcluir
  9. Não interessa que seja singela
    que pertence ou não à nobreza
    o amor que traz dentre dela
    esse sim é, que tem muita beleza.

    beijinhos
    José.

    ResponderExcluir
  10. O que importa é o amor, não as vestimentas.

    Beijos...

    ResponderExcluir
  11. Olá Chica,

    Belo poema que fala sobre o amor!!

    Beijos e bom fim de semana para você!!

    ResponderExcluir
  12. oi passando
    para dar um beijo e votos de um bom fim de semana
    cada conto seu
    enche nossos corações de verdadeiras emoções beijos

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥