* Domingo no parque...



a roda gigante
é grande
e roda de montão

o carrossel
é lindo
e gira para o céu

chapéu mexicano
um engano
acho que é baiano

tiro ao alvo
não alcanço
descanso

bate-bate nos carrinhos
correria
depois só carinhos

algodão-doce
pipoca, amendoim
faz a mamadeira ficar ruim

domingo no parque
não tem televisão
tem imaginação

só acaba a diversão
com a última ficha,
o dinheiro acabou
mas a fantasia espicha
esta tarde de emoção.


ver AQUI

Chegou nossa amiga DÉIA

No parque chego cedo,
e sou quase a última a sair..
não perco um minuto sequer...
quero mesmo é me divertir!!

14 comentários:

  1. É quem disse que uma criança após ir ao parque de diversão diminue a agitação?!

    Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade.

    Fique com Deus, menina Chica.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Doces brincadeiras de crianças.
    Os domingos nos parques eram super divertidos .
    Bjsss

    ResponderExcluir
  3. Ohohoho Chica seu blog é o próprio domingo no parque, adorei!Chica vc já é de casa né!Somos responsáveis por tudo e todos que cativamos, e eu vejo quanta responsabilidade vc tem, olha quantos seguidores é fantástico, e será sempre fantástico como tudo em sua vida será!
    com carinho
    Hana

    ResponderExcluir
  4. Como é bom ir ao parque.adorei esse gosto de infãncia. bjs.Ah! lá na sempre materna não tem emsmo como comentar. bjs

    ResponderExcluir
  5. Que delícia poder ser criança e voltar a brincar no parque!Linda essa poesia!Bjs,

    ResponderExcluir
  6. Sigo o desejo dos comentaristas: quem me dera voltasse o tempo em que ia brincar para os parques, em Coimbra, com os meus Pais, sempre preocupados com a ocupação das nossas tardes de domingo.
    E de que maneira bonita descreves, neste poema, tudo o que envolve essas tardes, numa interpretação do pensamento infantil muito bem conseguida.
    Um abraço, amiga.

    ResponderExcluir
  7. Oi Chica...que coisa boasercriança...fazer festa mesmo sem te-la...fazer sorrir de novo qualquer tristeza..reecontrar o caminho da inocência...
    Umavezfiquei doente porque ia para o parque jogar bola com vasilhame de plástico como bola...era uma embalagem qualquer que nos servia...epois iamos para o bar da Dona Ana...pediamos água, um litro de água mineral, cinco copos um pacotinho de Ki-suco...açucar...rsrs..e fazíamos a festa...rsrs
    Bom passar por aqui...as lembranças brotam...rs
    Bjo...bom fim de semana

    ResponderExcluir
  8. Chica, ficou muito legal o poema aqui, aliás, acho que este é o lugar ideal para ele, um parque em meio às diversões.

    beijos

    Carlos A Moraes

    ResponderExcluir
  9. Que graça, Chica. Lembrei da minha infância;
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja um bom final de semana para você.
    Saudações Florestais !

    ResponderExcluir
  10. Amooooooooooooooo

    No parque chego cedo, e sou quase a última a sair.. não perco um minuto sequer... quero mesmo é me divertir!!

    bjkas

    ResponderExcluir
  11. Vamos na roda gigante
    que roda roda sem parar
    mas que para entretanto
    para a gente sair entrar

    vai sempre sempre subindo
    chega quase até ao céu
    eu estou chorando ou rindo
    já não sei quem sou eu

    um beijinho.
    José.

    ResponderExcluir
  12. ________________________________


    Uma alegria só esse poema!


    Beijos de luz e o meu carinho, Chica!!!

    _____________________________________

    ResponderExcluir
  13. Oi Chica, você sempre posta poesias bonitas e criativas de outros autores e essa é mais uma delas... Gostei do chapéu mexicano que parece baiano rs rs... Bj,
    Parabéns ao autor do poema !

    Úrsula

    ResponderExcluir
  14. Obrigada por sua presença e as boas palavras. És doce Chica!

    Aproveitei para conhecer este outro blog. Amei esse espaço. Que delicia de poema, tem gosto de infância.

    Ótimo final de semana pra você também! Jesus te abençõe!

    Meu carinho

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥