* O ataque do gavião...


No alto da porteira, o galo Zé endireitou os esporões para cantar; alisou as barbichas, moveu a cabeça para um lado e outro com cuidado nos brincos grandes e vermelhos; e empinava-se a cacarejar quando divisou um gavião a voar baixo sobre a fazenda.

Ratatatá... O coração começou a bater. Os olhos a viajar no inimigo. Calculou que naquela hora Dona Branca estava a sair com os pintinhos para passear.

COCOROCOCÓ! Saltou no meio do terreiro: era o aviso de perigo.

Os filhotes primeiro um a um no galinheiro...

ERA O GAVIÃO... ERA O GAVIÃO!

Na voz do galo Zé o ar de comando. Todos... todos... todos... com pressa e muita atenção.

Quando já ia fechando a porta, Zé notou que tinham se esquecido do pintinho Kiko. Abriu um sorriso de cuidado e o ajudou: “Não saia de perto da mamãe!”, cacarejou. E de rosto sisudo a chave na porta passou.

Então, houve silêncio!... Pintinhos debaixo de asas; Zé com os franguinhos na porta do galinheiro. Zimmmm!... o inimigo num voo rasteiro. O rumor nas telhas caminhando... caminhando... até perder-se do outro lado do mundo!

Ainda no esconderijo um aviso sério:

“Não se afastem do terreiro!” E Zé saiu com andar de rei

“Ah, meus pintinhos o gavião não pega, não!” Sobre ele o olhar respeitoso de todos.

Teresa Cristina-Flor de caju

Chegou a Dalinha

PINTO DESOBEDIENTE


Pinto que desobedece
E não presta atenção.
Não segue a mãe galinha,
Sempre arranja confusão.
Por ser desobediente,
Acaba sendo presente,
Paro o faminto gavião

11 comentários:

  1. Faz tempo que não vejo um gavião...

    Fique com Deus, menina Chica.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Que graça de história, Chica.
    Muito bonitinha. Adorei o galo zé!

    ResponderExcluir
  3. É...com um gavião temos que ter respeito!Muito bom conto!Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Oi, amiga Chica!... Como vão as coisas por aí? Aqui no Piauí só muito calor e os gaviões na caça... ao pingo do meio-dia!... Um cheiro.

    ResponderExcluir
  5. como sempre muito lindo
    já conheci o outro blog amei boa semana um beijinho

    ResponderExcluir
  6. hello... hapi blogging... have a nice day! just visiting here....

    ResponderExcluir
  7. Oi amiguinha que saudade, hoje minha folga corri aki te dar um beijo, e que texto graçinha cheio de leveza, parece que vivo cada historia com se me transportasse a este caminhinho infantil. adoro. deixo aki meu carinho e levo amor.
    com carinho
    Hana

    ResponderExcluir
  8. Olá Chica,
    Meus versos e meu abraço para você.

    PINTO DESOBEDIENTE

    Pinto que desobedece
    E não presta atenção.
    Não segue a mãe galinha,
    Sempre arranja confusão.
    Por ser desobediente,
    Acaba sendo presente,
    Paro o faminto gavião.

    Um cheiro para Teresa Cristina.

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥