* Rato No Sapato!!!





Rato No Sapato!!!


Mamãe, Mamãe!!!
Tem Um Rato
Morando No
Meu Sapato!

Que Isso Menino???
Não Faça Drama,
Vá Logo Pra Sua Cama,

Mais Mãe Nem Mais,
Nem Meio Mais Rapaz,
É Bem Capaz, Que Rato
Casa Em Sapato Faz!!!

Nem Tem Cheiro
De Queijo,
Igual As Sandálias
Do Vicente - Beijo,

Moleque Embirrado,
Deita e Vira Pro Lado,
Dei Um Beijinh
E Sai De Fininho,

Menino Dormindo
A Vida Seguindo,

Um Barulho Esquisito,
Partiu Do Quarto
Do Bendito,
Não Liguei,
Na Lida Continuei,

Mais O Barulhinho,
Não Era Do Meu Filhinho,
Mãe Bobinha Está A Pensar,
Será Que O Bobinho, Está
Com O Rato, A Sonhar???
Que Barulho Diferente!
Não É Barulho De Gente!!!
Vou Dar Uma Averiguada,
Ô Molecada Danada,
Devem Ter Deixado,
O Ventilador Ligado!!!
Vou Rapidão, Pois Deixei
No Fogão O Feijão,
Entrei, Um Susto, Levei,
Até Deu Pra Ver,
Ele Pro Sapato Correr,
E Não É, Que É Verdade!!!
Um Rato Da Cidade!!!
Aninhado, Em Um Sapato
Guardado, Que Barato!!!

As Aparências
Com A Vida Real,
É Somente Carnaval!!!


Chegou José

As sandálias do vicento
são grandes para o pé
têm queijo lá dentro
ou é cheiro a chulé

Chegou Livinha

Mas se não é queijo,
nem cheiro de chulé
o que é o que é?
É rato que não lava o pé...

Chegou Cacá

se o queijo é curado
tem cheiro de chulé.
Se der chulé no pé
o rato vai ficar enamorado
e vai morar no sapato, ué!

Chegou Dalinha

Aquele ratinho branco,
Até pego ele na mão.
Confesso não me assusta,
Por ele sinto afeição.
Medo tenho de outros ratos
Aqueles que deixam rastros
Na carcomida nação.

19 comentários:

  1. Oi Chica,adoro passear neste mundo de histórias infantis,pois adoro escreve-las e aprendo muito observando,a tua forma de escrever,pois voce tem uma simplicidade que torna a historia gostosa de se ler.Parabéns,pelo seu universo infantil.Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Heheheh...
    Que zoeira né Chica? Ratinho peralta este.

    Beijo.
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  3. Que legal esse poema!
    E as mães ainda duvidam rsss
    beijossss

    ResponderExcluir
  4. Sheila, essa poesia é de uma escritora amiga, VANA FRAGA e por aqui, temos várias amigas que publicam e me ajudam a enfeitar o sementinhas! um beijo,chica

    ResponderExcluir
  5. As sandálias do vicento
    são grandes para o pé
    têm queijo lá dentro
    o é cheiro a chulé

    ResponderExcluir
  6. Adorei Chica! Tomara que nunca encontre um rato no tênis do meu neto. kkkkkkkkkk
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Hua, kkk, ha, ha, ele se aninham aonde pode, mas lembro que já cheguei a ver um covil com vários ratinhos novinhos quando lá em casa teve ratos...

    Fique com Deus, menina Chica.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. Completando do José:

    Mas se não é queijo,
    nem cheiro de chulé
    o que é o que é?
    É rato que não lava o pé...

    Chica,
    Quando a gente ama, a gente é uma criança e diz sim pra tudo...

    Linda noite

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  9. Olá Chica,

    Que bela e divertida poesia infantil... Gostei!

    Beijos e fique em paz!!

    ResponderExcluir
  10. hahahahahahhaha, Chica, querida, q aventura hein, desse rato?! rs

    Adoramos, por aqui!

    Beijão
    Boa semana pra vc!

    ResponderExcluir
  11. Chicaaaaa, eu me apaixonei ate pelo ratinho...aiaiai e agora?
    Eu quero ir embora e não consigo, acho que vou ler mais um pouquinho
    Beijosssssssssssssss

    ResponderExcluir
  12. Adooooro poemas infantis!!!
    Lindo!
    Beijocas, Chica amada!

    ResponderExcluir
  13. se o queijo é curado
    tem cheiro de chulé.
    Se der chulé no pé
    o rato vai ficar enamorado
    e vai morar no sapato, ué!

    Lindinho esse poema da Vana, Chica! Abração. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  14. Oi Chica!
    Bom dia querida!
    Muito obrigada pelas visitinhas lá no blog!
    Lindo o poeminha do Rato!Amei!
    Que gostoso é vir aqui na sua pagina e ler suas historias...pena que o pequeno não tá em casa agora...mas quando ele chegar vou ler essa do rato pra ele...rs*
    Beijos...e boa quarta pra vc!
    Danny e Matheus
    www.mamysdematheus.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Olá Chica,
    Mais um vez estou aqui em seu espaço deixando meus versos, lendo os textos e os comentaristas. Adoro ler comentários,
    Beijos,
    Dalinha
    *

    Aquele ratinho branco,
    Até pego ele na mão.
    Confesso não me assusta,
    Por ele sinto afeição.
    Medo tenho de outros ratos
    Aqueles que deixam rastros
    Na carcomida nação.

    ResponderExcluir
  16. É Chica, jamais quero encontrar rato em qualquer lugar de minha casa, pior ainda no sapato. Uma linda verdadeira historinha de criança que aos olhos da mãe parecia implicância do moleque para não ir dormir. Abração, chica!

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥