* O MENINO E O POMAR



O MENINO E O POMAR


Ele adora cedo pular,
Não toma o café,
Sai para aprontar,
Diverte-se no pomar.

Menino travesso,
Não olha onde pisa,
Só anda descalço,
Não veste camisa.

Corre para um lado,
Corre para outro,
Sobe em árvores,
Escorrega do galho.

Derruba laranja,
Chupa limão,
Bate com pau
No pé de mamão.

Machucou o pé no espinho,
Veio gritando desesperado,
Assustando os pais e o vizinho,
Não toma jeito esse menino!


Mas que danado esse menino,
arteiro e sempre aprontando
isso porque ainda é pequenino
logo,logo,jeito vai tomando!!!
chica

Chegou Lidia Borges

No pomar pode correr
O menino sossegado
Quando o sol perceber
Dár-lhe-á um fruto dourado

E o menino encantado
Logo irá agradecer
O sabor adocicado
Do sumo que está beber

E por isso, no pomar
Ele gosta de correr
É borboleta a voar
Nada mais há a dizer

Chegou a Livinha

Mas esse menino é feliz,
a brincar com a natureza,
nos tombos faz-se aprendiz,
a descobrir as belezas...

Chegou a nuvembranca

Oh, coitadinho
furou o pé no espinho
mas nem um espinho malvado
Estraga a alegria do menino!!!!

Chegou Maria Helena

Que menino feliz
Que menino arteiro
Com a sua liberdade
Abraçará o mundo inteiro

26 comentários:

  1. rs... q graça esse conto, Chica! tão bom fazer arte no pomar rs, eu bagunçava mto no pomar dos meus avós... que as crianças aprendam o valor de brincar em meio a terra, na rua...e não fique enfurnadas dentro de casa.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Versos maravilhosos.
    Meninos correndo como são sem camisa nem outro vestuário.
    Vestem simplesmente a sua naturalidade e correm e brincam com a sua simplicidade e graça.

    ResponderExcluir
  3. Quanta saudade dessa infância de verdade!!! Um lindo dia, Chica. paz e bem.

    ResponderExcluir
  4. Lindos versos!
    Apaixonante essa arte de um menino arteiro!
    Um dia lindo para você!

    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga, to voltando, e adorei ler esses versos logo cedo, menino levado né?
    Beijos pra ti e ótimo dia!

    ResponderExcluir
  6. ndo me faz recordar a doce infancia distante.
    Onde brincava com flores no grande canavial ,
    que papai tinha e quantas artes no pomar com tantos frutos.
    Lindo mil vezes lindo.
    um beijo carinhoso,Evanir.

    http://aviagem1.blogspot.com/
    http://aviagem1.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Que saudade da minha infância.
    Correr, pular, brincar sem ter medo de apanhar(rs).
    Como sempre, versos maravilhosos que nos inspiram a viver a vida intensamente.
    beijos
    heli

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Chica !!

    Que saudade da minha infância !!

    Lindo dia !! Beijos !!

    ResponderExcluir
  9. Ah, como me transportei para a minha infância cheia de terra e pé no chão pulando nos galhas da mangueira, goiabeira,ingazeiro,etc e tal. Linda composição! Abração, Chica!

    ResponderExcluir
  10. rsrs que delííícia!!!!!

    Ei , vou te contar um segredo: sou quase um menino assim! srrs

    Beijos querida!!!

    ResponderExcluir
  11. Fiquei com saudades do meu tempo de infância Chica.
    Quantas estripulias e vida livre e feliz. "Machucar-se" era rotina e sarar era muito rápido para poder voltar às brincadeiras.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  12. No pomar pode correr
    O menino sossegado
    Quando o sol perceber
    Dá-lhe-á um fruto dourado

    E o menino encantado
    Logo irá agradecer
    O sabor adocicado
    Do sumo que está beber

    E por isso, no pomar
    Ele gosta de correr
    É borboleta a voar
    Nada mais há a dizer

    Um beijo

    L.B.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Errata

    Agora ao reler, descobri que em vez de "DAR-LHE-Á" escrevi dá-lhe-a e que falta um "a" antes de "beber" Estou envergonhada!... :)
    Se for possível corrigir, agradeço.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  15. Mas esse menino é feliz,
    a brincar com a natureza,
    nos tombos faz-se aprendiz,
    a descobrir as belezas...

    Sempre muito lindo esse festival de poemas infantis...

    Linda semana pra ti Chica

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  16. Olá Chica,

    Que belos versos e que criança feliz em poder viver sua infância assim no meio do pomar!!!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  17. muito bom de se ler tamanha travessura do menino que se transformou num belo texto.
    abraços

    ResponderExcluir
  18. Chica!! que gracinha!

    beijos mil!

    Bia

    ResponderExcluir
  19. Hoje foi diferente, li para minha sobrinha que adorou!

    Sou um tanto suspeito, levo minha menince com carinho e divido com você sempre que entro aqui!

    Eu agradeço por isso!

    Nos encontramos no Alma.

    Vini

    ResponderExcluir
  20. Adorei!
    Esse conto fez-me sentir criança
    Obrigada amiga por me proporcionar tanta alegria....

    Beijos na alma
    Que sua noite seja regada de muito amor
    Preciosa Maria

    ResponderExcluir
  21. Oh, coitadinho/
    furou o pé no espinho/
    mas nem um espinho malvado/
    Estraga a alegria do menino!!!!
    (risos) Delicioso pomar de poesias.
    Encantador, parabéns Chica.

    ResponderExcluir
  22. Que menino feliz
    Que menino inteiro
    Com as a sua liberdade
    Abraçará o mundo inteiro.

    ResponderExcluir
  23. CORREÇÃO

    Que menino feliz
    Que menino arteiro
    Com a sua liberdade
    Abraçará o mundo inteiro

    ResponderExcluir
  24. Olá Chica! Esse menino se diverte no pomar e aproveita bem a infancia, com todo o direito que tem. Muitas crianças não tem uma infância tão divertida como o menino do pomar. Adorei!!!! Bjs.

    ResponderExcluir
  25. Lindaaaaaaa, adoro você MUITOOOOO!
    Beijosssssss

    ResponderExcluir
  26. Amiga,

    Achei lindo o poema e todas as " cheganças poéticas" neste lindo pomar!

    Beijos com carinho, Chica.

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥