♥ ♥ ♥ Pirilampos ♥ ♥ ♥



Pirilampos


Quando a noite vem caindo

Vem bordando o céu de estrelinhas.

Na penumbra das árvores

A formiga corta sem parar

Enquanto a cigarra pensa encantar

Com seu canto, desafiando

No córrego o sapo a coaxar

Nas moitas de bambu

Piscam, piscam pirilampos

Parecendo luzinha da noite de natal

São vagalumes espertos

Que acendem sem parar

Fugindo do menino

Que quer te pegar.


Chegou a Fernanda

Eles são umas luzinhas
que gracinhas
Voam ao redor e iluminam
Que estima!
Pirilampos, tão pequenos,
tão brilhantes e interessantes 

16 comentários:

  1. Lindo !!!!Chica amei ver vcs na Confraria.....vcs deram um show!!!!Parabéns !!!!

    ResponderExcluir
  2. Que gracinha!! Amei...

    Um grande abraço, querida amiga Chica.

    ResponderExcluir
  3. Eles são umas luzinhas
    que gracinhas
    Voam ao redor e iluminam
    Que estima!
    Pirilampos, tão pequenos,
    tão brilhantes e interessantes.

    Belos bichinhos.
    Amei Chica.
    Fernanda

    ResponderExcluir
  4. Adorooooooooooooooooooooooooo. bjsssss e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  5. Coisa linda uma noite cheia de pirilampos com suas luzinhas a brilhar. Um abração.

    ResponderExcluir
  6. Não é à toa que adoro esse espaço: volto a ser criança! Mais ainda, né?! rsrsrs
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  7. Tem coisa mais gostosa do que ler um poema assim e "ver" todas essas imagens surgindo, vivas e coloridas, "brilhando" em nossa imaginação, que fica criança outra vez?

    Que delícia isso!

    Um beijo pra Angeluar e outro pra você!

    ..... (¨`•.•´¨)
    ..... ×`•.¸.•´× Helena (¨`•.•´¨)
    ..........×.......×....... ×`•.¸.•´× ....

    ResponderExcluir
  8. BOM DIA CHICA !!

    Pena que minhas filhas cresceram ... iam adorar isso !!


    Um lindo dia !! Beijos !!

    ResponderExcluir
  9. Adoro-os.

    Pensava que estavam extintos e agora já acendem suas luzinhas de volta por aqui.
    Quando era criança, pulava uma ponte e ia no mato com os coleguinhas caçar vagalumes e colocar no vidro rs
    Meu beijo, flor.

    ResponderExcluir
  10. Pirilampos, vagalumes, vespas brilhantes. Lembro quando menino, eu imaginava que os vagalumes eram filhotes de estrela cadente. Santa imaginação infantil.


    Beijos moça!

    ResponderExcluir
  11. Que coisa mais doce essa poesia!Adorei Chica!Ótima escolha!Parabéns ao Angeluar!Bjs,

    ResponderExcluir
  12. Que coisinha encantadora!
    Amei, Chica.
    Beijão
    Mare

    ResponderExcluir
  13. Olá Chica,

    Acho uma graça os pirilampos!

    Um ótimo fim de semana para você, beijos!

    ResponderExcluir
  14. Nossa que delicia Chica!!

    Sei que meu passado nem faz tanto tempo assim... mas quando bate essa saudade manifestada por textos teus, parece que faz tanto tempo!

    Eu buscava vagalumes para roubar deles a luz, um pecado eu sei!

    Eu posso ouvir os grilos e cigarras até hj, moro na serra e acaba sendo uma verdadeira orquestra da natureza.

    Enfim... foi realmente um prazer ler Pirilampos!

    Um beijo meu amor e um ótimo fds!


    Te espero no Alma.

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥