♥ ♥ ♥ O Ventinho Perfumado...♥ ♥ ♥




Julinha estava olhando a florzinha que havia surgido no peitoril da sua janela, quando escutou uma batidinha suave na porta da sua casa:

_ tum...tum..tum...


 Quem é? - perguntou a menina dirigindo-se à porta.

_ tum...tum...tum. -novas batidinhas, desta vez mais fortes.

Não sabe falar não? - perguntou Julinha, abrindo a porta.

A menininha não viu ninguém mas sentiu que "algo perfumado" havia entrado na sua casa e, pelo barulinho que ela escutou vindo da poltrona do seu pai, aquele "algo", com certeza havia se alojado ali.

 Dirigiu-se à poltrona e, no meio do caminho, escutou uma vozinha miudinha a dizer:

_ Julinha, eu sou o vento sul e vim lhe pedir que me deixe descansar um pouquinho nesta poltrona deliciosa, por alguns minutos, logo logo vou-me embora.

Tudo bem, senhor vento sul, mas me responda só uma coisinha: 

- como o senhor sabia desta poltrona ?

_ hummmm...hahahaha...- sorriu o vento.


-Minha amiguinha, esta não é a primeira vez que entro na sua casa.


- Você ainda se lembra :


- do dia em que você colocava farinha no seu prato e ela saiu voando pelo chão...


_daquela vez em que você fazia bandeirolas para a festa de São João e elas foram arrastadas porta afora....


_ e o dia em que sua mãe varreu a casa e o lixo foi todo esparramado pela casa...?

Claro que eu me lembro! - disse a menina- E o que isto tem a ver com a minha pergunta sobre a poltrona?

_ Tem a ver, que todas aquelas vezes, fui em quem estava passeando por aqui e, sem querer tropecei naquelas coisas e as desarrumei.

Ah!Então você está sempre por aqui...hummmm...vou ficar mais espertinha...-falou Julinha dando uma risadinha.

- Preste bem atenção,- disse o vento sul à menina- quando  você sentir um cheirinho de jasmim por perto de você, sou eu quem está por aqui.


Por que jasmim e não rosas? - perguntou Julinha.

- Porque de onde eu venho, tenho que atravessar um imenso bosque de jasmineiros e ao término da  travessia estou todo perfumadinho.

Que delícia! - falou a menina, já se imaginando a passear no bosque para ficar perfumadinha.

O vento sul foi deixando cair a sua cabecinha no recosto da poltrona, dormindo profundamente até que um mosquitinho pousou no seu narizinho,ele despertou, agradeceu à menina pela acolhida e saiu porta afora a fim de ir trabalhar em outras cidades...

Julinha, pensativa, balbuciava sozinha:

Como é bom ser um ventinho....como é bom ser um ventinho...


Chegou a Dalinha

O vento dava umas voltas,
E resolveu descansar.
Foi na casa de Soninha
Que ele resolveu ficar
De jasmim era seu cheiro
E perfumou o tempo inteiro
Aquele belo lugar.

26 comentários:

  1. Muito lindo demais esse texto Chica!
    ameeeiii!
    um bom descanso para ti.
    abração

    ResponderExcluir
  2. Adorei,Chica!
    Lembrei do danado e adorado vento sul em Floripa!rs
    Beijão no coração

    ResponderExcluir
  3. Que lindo e tão delicado!!!
    Me fez sair junto ao vento...voando por aí junto com minha imaginação!
    Que bom ser ventinho... AMEI!

    ResponderExcluir
  4. Que delicia de ler esse poema Chica!
    O vento acaricia a gente as vezes e nos faz muito bem, adoro essa sensação!
    bjos querida!

    ResponderExcluir
  5. Que lindo texto Chica querida!
    É tão bom poder sentir a brisa
    do vento em nosso rosto,
    o perfume das flores do campo,
    chuva etc
    Bjs no core amiga!!!
    Parabéns...

    ResponderExcluir
  6. Texto lindo suave e delicioso amei!!!
    Com carinho

    ResponderExcluir
  7. Uma história encantadora!Gostei muito!

    ResponderExcluir
  8. AMEI, AMEI e AMEIIIIIII

    Eu que tenho todo este ventão por aqui....adorei O VENTINHO PERFUMADO, Com certeza irei ler para meu afilhado!

    Beijinhossssss

    ResponderExcluir
  9. Chica, que estórinha mais gostosinha... fui lendo e vendo as imagens na minha mente... Adorei esse ventinho perfumado, e danadinho!!!

    Bom dia amiga querida!!! Beijinhos perfumados!!! Su.

    *coloquei as fotos das crianças lá no meu cantinho, quando der, dá uma olhadinha nas mãozinhas fofinhas carregando suas joaninhas...

    ResponderExcluir
  10. Olá Chica,
    Bom-dia!!!
    *
    O vento dava umas voltas,
    E resolveu descansar.
    Foi na casa de Soninha
    Que ele resolveu ficar
    De jasmim era seu cheiro
    E perfumou o tempo inteiro
    Aquele belo lugar.
    *
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Excelente dica para para ler e viver esse texto... um ar perfumado...assim ficamos mais tranquilos e mais alegres.

    ResponderExcluir
  12. Que fofura, vem ventinho traga os perfumes das flores aqui pra minha casa!
    Tem post novo no Leo!
    bj

    ResponderExcluir
  13. Você é um dos anjos amigos que enchem de bençãos meus Dias.
    Meus anjos virtual que me ensinam a voar
    e mostram onde vou pousar na minha realidade.
    Com essa força que recebo tenho certeza
    Em breve só terei benção para contar
    com o carinho estimulo e aconchego
    que recebo.
    Por isso eu agradeço essa amizade
    que fazem
    meus dias serem melhores e mais bonito.
    beijos no coração,,Evanir.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Chica! Quando estou um pouco triste vou até a sacada, e quando tem um ventinho, sei que vai ficar tudo bem! Muito obrigada pela visita ao blog! Acabei de publicar um post novo!
    Beijos, Sandra

    ResponderExcluir
  15. Quanta docura nessa historinha!Eu adoro as poesias e contos da Soninha!Linda escolha,Chica!Bjs,

    ResponderExcluir
  16. Essa historinha teve um Q especial pra mim, a Julinha, rsrrs

    ResponderExcluir
  17. Ontem tinhamos um vento aqui que fazia também um barulhinho..mas não tinha nada de perfumado..rs*
    Adoro ler as historinhas e versos da Soninha também!
    Um grande beijo pra vcs Chica,
    da mamãe Danny e do Matheus

    ResponderExcluir
  18. Ai..ai...o ventinho ficou bem mais lindo paseando neste cantinho.Obrigada,garota.bjinhos e muita paz.

    ResponderExcluir
  19. Chica,
    muito obrigada pelo comentário por lá e pela força nas poesias! Serve como incentivo para mim, nesse trabalho com as crianças. De coração! Beijos.

    Humoremconto
    http://anaceciliaromeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Chica querida também adoro doces,
    não é gorda amiga,é excesso de gostosura,assim que eu falo aqui e
    minhas amigas também....rsrs
    Obrigada pelo carinho e presença
    diária...bjs no core e ótima noite!

    ResponderExcluir
  21. Olá Chica!


    A história de Soninha é doce e encantadora!

    Adorei!


    Beijos
    Dolce

    ResponderExcluir
  22. Perfumado e lindo, Chica!
    Beijinhos meus!

    ResponderExcluir
  23. Chica,

    Que lindo esse ventinho perfumado.
    Falando nele, está chegando por aqui. Mas com certeza não passou pelo jardim de jasmins, e sim pelo gelo da Antártida. Risos
    Depois que conheci o seus blogs, fantasio tudo. Risos
    Hoje, foi a vez do ventinho perfumado.
    Que linda historinha.
    Tenha um lindo dia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. come é possivel te admiro, tua imaginaçao para escrever é incrivel!!!!
    enormes beijos

    ResponderExcluir
  25. Minha amiga, tenho uma sobrinha
    com 4 anos que adora que eu
    venha ao seu blogue ler as suas
    histórias para ela. É uma fã.
    Desejo que esteja bem.
    Beijinhos.
    Bom fim de semana.
    Iren-

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥