♥ ♥ ♥ Zeca e Zefa ♥ ♥ ♥



Zeca e Zefa


Zeca e Zefa é um casal de cobras, mas com uma grande diferença entre suas espécies. Por incrível que pareça, não destilavam veneno. Lá na mata, onde vivem, todos os conheciam. Para diferenciarem das demais, traziam amarrados no pescoço, fitas brancas. Viviam em harmonia com todas as espécies de bichos.


Para o espanto de muitos, elas falavam como gente! Quando percebiam que algum animal estava triste, eles se aproximam, na tentativa de animar o pobrezinho.

Às vezes valia tanto, que o bichinho levantava a cabecinha, e os olhinhos voltavam a brilhar novamente.

Tomaram conta de Serafina, uma enorme coelha, que esperava o nascimento de seus filhotes. Era solitária, pois perdera seu companheiro num ataque de uma cobra venenosa. Zeca e Zefa tinham pena da coelha e não perdoavam à atitude da peçonhenta.

Certo dia, andando pela mata, viram dois meninos caçando passarinhos. Quando um deles armou a primeira pedra, elas apareceram. Os meninos se assustaram e procuraram um pau para se defenderem.

Zeca e Zefa aproximaram-se das crianças e falaram:

-Olhem, fiquem tranquilos, não vamos atacar vocês! Somos contra a violência e matanças de animaizinhos indefesos.

-Vejam como os pássaros são alegres! Colaboram com as plantas comendo as pragas que tanto as prejudicam, não deixando que dêem frutos e nem flores. Sem eles, faltará o que comer, seria uma invasão de pragas.

Os meninos ficaram boquiabertos! Não sabiam o que responderem.

E o casal continuou:

- Vocês já imaginaram se matarem um filhotinho? Quanta tristeza para a mãe!

-E se fosse a mãe, o que seriam deles?

Os meninos abaixaram suas cabeças e pensaram em tudo! Levantaram-se dali consciente do erro.

Chegando em casa, contou o acontecido aos pais. É claro que não acreditaram. Principalmente se tratando de cobras.

Seja verdade ou mentira, nunca mais mataram passarinhos e nenhuma outra espécie de animais.

Zeca e Zefa ainda vivem por lá e dão proteção à fauna e flora daquele lugar.

Tereza Tavares

Chegou a Soninha

A zequinha e a zefinha
São cobrinhas "alto astral"
Por não serem peçonhentas
Não podem nos causar mal
Eles vivem pra ajudar
O seu lema é amar
Cobra assim,não há igual!

beijinhos não peçonhentos...rs PAZ!

25 comentários:

  1. Um texto que emociona, parabéns por tão bela postagem.Beijos

    ResponderExcluir
  2. bom dia Chica querida...

    adorei a historinha, e que bom pensar que até entre as "cobrinhas" existem as do bem, as que levam amor por aí e destilam paz ao invés de veneno!

    lindo dia amiga querida!

    beijos!

    Su.

    ResponderExcluir
  3. Chica, ainda bem que existem muitos Zecas e Zefas neste mundão...

    Um belo dia p/ vc!

    Beijoooooooo

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Chica!
    Tem muito humano precisando aprender com o Zeca e a Zefa.
    Linda mensagem de ecologia e respeito á vida.
    Uma ótima quarta-feira para ti.
    abração

    ResponderExcluir
  5. Que belezura de narrativa...
    Adoro passear aqui...
    Zeca e Zefa são ensinamentos para adultos e crianças...que há beleza nos contos e, principalmente, em toda forma de viver.
    Parabéns...
    Abraço carinhoso,
    Sapatinhos da Dorothy

    ResponderExcluir
  6. Que bom que Zeca e Zefa protegem a natureza e são contra violência!!!!
    Eles fazem o mundo, um lugar melhor, defendendo a natureza!!!
    Bjs do neno

    ResponderExcluir
  7. Que diferentes protetoras da natureza!A cobra que é sempre temida,de repente é uma boa amiga!Gostei muito do conto da Teresa!Fiquei feliz tb por ter gostado do meu livro!Bjs,

    ResponderExcluir
  8. Chica
    O mundo está precisando muito dessas cobrinhas, adorei!
    Beijos e um bom dia

    ResponderExcluir
  9. Chica
    O mundo está precisando muito dessas cobrinhas, adorei!
    Beijos e um bom dia

    ResponderExcluir
  10. Oie...
    Passando pra visitar seu blog amei...
    Já estou te seguindo, para saber sempre das novidades e ficarei feliz em vc me fazer uma visitinha e esta mensagem é linda.
    http://mareboucas.blogspot.com
    Bjnhs e sucesso!!!

    ResponderExcluir
  11. Uma amizade pura e extremamente grande,que eu nem sei como retribuirr
    Porque todos sabem .
    Ou quase todos levo cola por não aguentar escrever por muito tempo.
    Não adianta copiar frase de agradecimento,
    mais escrever e colocar coisas do meu coração.
    Todas as minhas amizades tem uma absoluta
    comprienssão comigo.
    Com cola ou sem cola a retribuição
    do carinho que recebo é imediata.
    Que Deus pague a todos por tudo pois com certeza nunca poderei retribuir
    tanto amor.
    As coisas que você faze, com tanta compreensão e bondade,
    me enchem de gratidão por ter a sua amizade. Obrigada, por se importar comigo.
    Um Tarde Abençoada.
    Bjs ,paz e luz.
    Evanir
    Fui no niver do Neno Hontem

    ResponderExcluir
  12. Olá Chica,

    Uma linda lição de amor a natureza. Amei as cobrinhas do bem!

    Beijinhos para você!

    ResponderExcluir
  13. Olá, Chica!
    Seu blog está cada vez mias fofo e cheio de paz!
    Que Deus continue te inspirando cada vez mais.
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  14. Que graça este texto da Tereza.
    Como seria se a humanidade andasse com lenços brancos no pescoço qual Zeca e Zefa?! Beijo

    ResponderExcluir
  15. Querida amiga,

    Que mensagem bonita deste texto. Obrigada amiga.

    Beijos com carinho

    ResponderExcluir
  16. Linda mensagem em forma de estorinha...

    Bj

    ResponderExcluir
  17. Chiquinha, tudo bem?
    Vou ler para minha filha, ela tem 4 anos, vou "testar" para ver se ela vai entender...
    Beijinhos!

    A promoção segue por lá!

    ResponderExcluir
  18. Bom dia querida! Adorei a história que além de tudo, deixa uma mensagem bacana sobre o meio ambiente...Parabéns pelo post!
    Agradeço a visitinha!
    Beijocas e abraços carinhosos!

    ResponderExcluir
  19. oie, vim te contar que ontem brinquei de Zeca e Zefa com as crianças na escola usando nossas massinhas coloridas...hehehe

    eles adorarammmmmmm...

    beijos e que venham logo as lindas flores da primavera!

    Su.

    ResponderExcluir
  20. .


    Aqui ninguém vê o meu tamanho,
    minhas maldades, amarguras.
    Aqui estou em casa, despido de
    todas as cobiças e indagações.
    Aqui eu não sou nada e ao mes-
    mo tempo eu sou tudo. Não sou
    adulto e tão pouco velho, não
    sou mais que uma criança.

    silvioafonso





    .

    ResponderExcluir
  21. Chica:
    Obrigada por suas visitas e comentários no meu desarrumado Blog. Meu amigo Beto me ajudava organizá-lo, mas agora ele está um pouco recolhido (problema de saúde).
    Espero que logo fique tudo beleza e possa contar sempre com ele.
    Como sempre muito interessante a história das cobrinhas.È bom lembrar que na natureza há lugar e função para toda criação
    Um bejo
    Mare

    ResponderExcluir
  22. A zequinha e a zefinha
    São cobrinhas "alto astral"
    Por não serem peçonhentas
    Não podem nos causar mal
    Eles vivem pra ajudar
    O seu lema é amar
    Cobra assim,não há igual!

    beijinhos não peçonhentos...rs PAZ!

    ResponderExcluir
  23. Ai se todos fossem assim...seria bom!

    Beijinhos sem peçonha

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥