♥O GATO PAULADA ♥




O GATO PAULADA
Dante Marcucci


Eita gato abusado,
Esse bichano peludo!
Passava o dia deitado
No meu sofá de veludo...

Dormia e fazia de conta
Que tava morto ou sonhando...
A arte já tava pronta,
E ele só disfarçando...

Se descuidava um segundo,
Quem passava era arranhado,
E ainda mordia fundo
Na canela do coitado...

Não queria nem saber
De algum trabalho pesado!
Preguiça até pra comer,
Carne? Só se for guizado!

Os ratos faziam festa
E ele nem mexia o rabo...
Correr atrás? Tu ta besta!
“Fico cansado, me acabo”...

Tanta preguiça rendeu
Um nome, coisa gozada...
Todo mundo aprendeu
Chamar ele de PAULADA!

Não foi por nada o apelido,
Que Dona Chica chamava...
Aquele gato atrevido
Só com pau se levantava!


Não era gato de raça,
Nem servia pra exposição.
Só fazia era pirraça
E criava confusão...

No sofá ninguém sentava,
Era o dono do lugar!
Se era visita e tentava,
Na hora vinha arranhar...

Tanta raiva me fazia
Que um dia perdi a calma:
Dei-lhe um banho de água fria,
Lavei-lhe o corpo e a alma!

E depois daquele dia,
Bem depressa ele escapava.
Vinha o balde e eu só ouvia,
O berro que o gato dava!

E ainda aprendeu o gato:
Quem não trabalha não come!
Se não pegar nem um rato,
Pode dormir, mas com fome!

Dante Marcucci

* Imagem daqui

Chegou Edumanes

Paulada fazer doer
Não dá em gato não
A dor faz sofrer
Gato tem coração!

Ele gosta da brincadeira
E o sofá arranhar
Entra e sai pela gateira
Quando alguém a porta fechar!

Gato só comer e arranhar
Se a porta não tiver gateira
Fica na rua a miar
Mesmo que não queira
Goto Paulada não sabe falar!

Chegou a Ana Marly

Ai, ui... miauuuuuuuu!

Ana Marly de Oliveira Jacobino


Atirei um pau no gato!
Cantava ainda criança,
Isto, nunca foi um fato,
Sem essa desconfiança!

Chan, o gato da vizinha,
Pula, mia pelos telhados.
Então..., vamos adivinha.
O que ele fez no Finados?

Neste dia de saudades,
Por algum amor perdido,
Chan canta de felicidade
Ao seu bem mais querido.


Ai, ui... miauuuuuuuuu!
Dispara aguda sinfonia,
Nem um pouco natural,
Amar assim a luz do dia.

Chegou o Tunin

Que gato esse, sô?!

Esse gato é folgado.
Gosta de sombra e água fresca.
Para ele trabalho pesado,
não é coisa animalesca.

20 comentários:

  1. Tadinho do gato! Teve que fica esperto rsrsrs

    Chica tenha uma excelente sexta!

    Bjooooooooo

    ResponderExcluir
  2. Risos...
    Enfim ele aprendeu a lição rsrsr.
    Um texto tão alegre e beme scrito.

    Bom dia Chica!
    Beijão amada

    ResponderExcluir
  3. Nem pegar rato? eita gatinho rs abraços

    ResponderExcluir
  4. Querida Chica,
    Duplamente obrigada: pela visita e pelo comentário lá no blog. Como "amizade com amizade" se paga, e porque o seu blog é uma ternura, já me registei como sua seguidora.
    Continuação de muita inspiração.
    Beijinhos

    http://bercodomundo.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Paulada fazer doer
    Não dá em gato não
    A dor faz sofrer
    Gato tem coração!

    Ele gosta da brincadeira
    E o sofá arranhar
    Entra e sai pela gateira
    Quando alguém a porta fechar!

    Gato só comer e arranhar
    Se a porta não tiver gateira
    Fica na rua a miar
    Mesmo que não queira
    Goto Paulada não sabe falar!

    Boa sexta-feira,
    um abraço
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  6. Eu e o Bê rimos com esse gato!
    Bjs
    Patrícia
    Www.patpins.com.br

    ResponderExcluir
  7. GOSTEI DESSA HISTORIA
    SE QUIZER COMER VAI TER QUE PEGAR O RATO
    UM BEIJO

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde Chica!

    Hooooo tadinho do gato!


    Beijos com carinho e bom fim de semana amiga.

    ResponderExcluir
  9. Olá Chica, passei para, além de saber das novidades e ler coisas lindas, lhe desejar um fim de semana abençoado!

    ResponderExcluir
  10. Cica, boa tarde... uma interação para o gatinho do Dante:

    Ai, ui... miauuuuuuuu! _ Ana Marly de Oliveira Jacobino


    Atirei um pau no gato!
    Cantava ainda criança,
    Isto, nunca foi um fato,
    Sem essa desconfiança!

    Chan, o gato da vizinha,
    Pula, mia pelos telhados.
    Então..., vamos adivinha.
    O que ele fez no Finados?

    Neste dia de saudades,
    Por algum amor perdido,
    Chan canta de felicidade
    Ao seu bem mais querido.


    Ai, ui... miauuuuuuuuu!
    Dispara aguda sinfonia,
    Nem um pouco natural,
    Amar assim a luz do dia.

    ResponderExcluir
  11. Grazie della solidarietà, Chica.

    ResponderExcluir
  12. Olá.
    Seu blog é muito legal,seria muito bem vindo ao agregador "Teia Mulher".
    O Teia mulher é um agregador de blogs exclusivo para blogs femininos,é um ótimo lugar para a mulherada trocar figurinhas.rsrs
    Se interessar é só nos visitar.
    Até mais

    ResponderExcluir
  13. Ai Ai... dei muita risada agora com essa postagem... Vou te dizer: menina! Apareceu um gato essa noite na minha janela, que quase me enlouquece com aquele miado esquisito dele. E sua postagem falando de gato, não aguentei, comecei a rir, lembrando do bichano!! Conto encantador. Mas o gato dessa noite não foi não! ... rs.

    Bj!











    Bjs!

    ResponderExcluir
  14. Que gato esse, sô?!

    Esse gato é folgado.
    Gosta de sombra e água fresca.
    Para ele trabalho pesado,
    não é coisa animalesca.

    A poesia está ao gosto da criançada.
    Abração.

    ResponderExcluir
  15. Chica,
    Versos divertidos que brincam com
    a musicalidade das palavras.
    Adorei!
    beijos
    Cristina Sá
    http://cristinasaliteraturainfantile
    juvenil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Olá, Chica, que poema mais perfeito, mais gostoso este do
    Dante Marcucci! Fiquei encantada!
    Parabéns ao poeta e a vc pela postagem!
    Abraço,
    Jussara
    minasdemim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. oi Chica
    saudades...
    coitado do gato....
    maldade Chica, jogar água no coitado
    vai que de repende ele fica resfriado?!

    rs....
    meu filho tem pavor de Gato por conta do hamster dele.
    beijos.

    ResponderExcluir
  18. oi Chica
    saudades...
    coitado do gato....
    maldade Chica, jogar água no coitado
    vai que de repende ele fica resfriado?!

    rs....
    meu filho tem pavor de Gato por conta do hamster dele.
    beijos.

    ResponderExcluir
  19. Coitadinho do gato tomou banho de água fria! Mas bem que mereceu ele é muito preguiçoso!
    Lindo e divertido poema adorei!!!
    Beijinho
    Pedro

    ResponderExcluir
  20. Lindeza de versos.
    E o gato folgado só com pauladas mesmo.

    Alegre.
    Bjs.

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥