♥ESPANTALHO E PASSARIM ♥





ESPANTALHO E PASSARIM
( Anne Lieri)

No meio da plantação
Nasceu aquele espantalho
Prá espantar passarim,
Prá ele voltar pro galho,
Voar bem longe dali!
E passarim se assustou...
E voou para seu ninho,
Ficou ali...encolhidinho,
Com medo que o espantalho
Fizesse alguma careta,
Ou o pegasse no galho!
O passarim pequenino,
Só queria mesmo brincar,
No ombro do espantalho subir,
Suas roupas velhas curtir,
Experimentar seu chapéu,
Não queria machucar!
Mas espantalho espantou
O pequeno passarim que voou!


O tempo passou, girou...
E passarim compreendeu
Que espantalho era amigo,
Não era seu inimigo!
Era apenas um boneco,
Recheadinho de palha,
Tinha a boca costurada,
Nem podia conversar!
E passarim assustado,Tão sozinho,
queria tanto falar!
Foi culpa do agricultor
Que fez espantalho assim:
De roupa velha, rasgada,
Boca toda costurada,
Sem nunca poder falar nada!
Foi então que passarim
Enxergou no coração
Do espantalho assustador,
Mais bela flor do jardim!


Chegou Edumanes
Espantalho e passarim
Se coloca lá na horta
Andam todos num chinfrim
Correm para dentro da toca!

Quando vêem o espantalho
Ele é muito assustador
Em defesa do trabalho
Proteger o agricultor!

Contra a todo o destruidor
Seu trabalho, assustar
Não querendo causar terror
Espantalho, passarinho não machucar!

Chegou o Tunin


O esperto passarim
comia a plantação,
meu avô coitadim,
era só choração.

Colocou um espantalho
para dar a solução,
enfiou-o num galho,
juntinho ao portão.


Chegou a Felipa
Tadinho do passarim
sem ter com quem conversar...
e um espantalho assim
a ter conta do jardim
passarim vai espantar.

Mas passarim percebeu
que espantalho não é mau:
é só um pobre coitado
usando um fato rasgado
num corpo de palha e pau.

16 comentários:

  1. Espantalho e passarim
    Se coloca lá na horta
    Andam todos num chinfrim
    Correm para dentro da toca!

    Quando vêem o espantalho
    Ele é muito assustador
    Em defesa do trabalho
    Proteger o agricultor!

    Contra a todo o destruidor
    Seu trabalho, assustar
    Não querendo causar terror
    Espantalho, passarinho não machucar!

    Boa semana para você, Adorei seu espantalho!
    Um abraço
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  2. Fiquei um longo tempo afastada, mas este é o caminho que sempre sigo para me encantar.
    Estou escrevendo um romance em tempo real e está disponível no manual do inseguro. Ele se chama De foro íntimo" Qdo puder, passa lá pra conferir e, se gostar, conto com sua divulgação.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Chica!Que surpresa legal meu espantalho aqui no Sementinhas!Adoro participar!Bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  4. A Anne é demais! Ela brinca com a poesia. E eu me lembrei de meu avô. Veja só:

    O esperto passarim
    comia a plantação,
    meu avô coitadim,
    era só choração.

    Colocou um espantalho
    para dar a solução,
    enfiou-o num galho,
    juntinho ao portão.

    ResponderExcluir
  5. O espantalho ficou triste porque não queria assustar, mas o passarinho disse que ele também sabia acalentar... Beijos de luz

    ResponderExcluir
  6. Com passarinho e espantalho do tipo Mágico de Oz, irresistível não amar.
    Amei D+ :)

    ResponderExcluir
  7. Chica, vc é 1000!! Linda postagem.

    Bjs, obrigada por sua atenção de sempre! Meu carinho.

    ResponderExcluir
  8. Chica,
    Parabéns aos autores que
    hoje estão na postagem da
    Chica: ANNE LIERI,EDUMANES
    E TUNIN.
    As poesias são um passaporte
    para uma deliciosa viagem
    ao mundo infantil.
    beijos,
    Cristina Sá
    http://cristinasaliteraturainfantilejuvenil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Essas histórinhas de espantalho dão medo em minha filha...acredita que ela não pode nem ver a figura!!!!
    Mas eu adoro! E o Edu está afiado no poema tb!
    Bjs e uma terça-feira linda pra vc Chica!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  10. Chiquinha vim agradecer sua visita com uma interação:


    Amigos para sempre_ Ana Marly de Oliveira Jacobino


    Espantalho Zé Verdura,
    Pula e dança o carimbó
    Passarim faz travessura
    Canta igual Michel Teló!

    Ai, ai,ai...se eu te pego
    Ai,ai, ai... Ai, Zé verdura!

    Espantalho de tão feio,
    Vê-se sempre solitário!
    Logo escuta um gorjeio
    Do seu amigo Zé Canário!

    Ai, ai,ai...se eu te pego
    Ai, ai, ai... Beleza pura!

    ResponderExcluir
  11. Nunca um espantalho foi tão belo.

    Beijos...

    ResponderExcluir
  12. Chica. Hoje a Anne está passeando mais pela blogosfera. Lá no meu blog também! Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Tadinho do passarim
    sem ter com quem conversar...
    e um espantalho assim
    a ter conta do jardim
    passarim vai espantar.

    Mas passarim percebeu
    que espantalho não é mau:
    é só um pobre coitado
    usando um fato rasgado
    num corpo de palha e pau.

    Lindo!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. essa poesia ja era legal agora ficou mais legal ainda
    beijos

    ResponderExcluir
  15. Chica, tenha fé e acredite!
    Estou orando por vocês.
    Bj grande
    Patrícia

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥