♥ Vira latas... ♥




Lú Vilela

A cerca era toda em arame farpado.
Várias carreiras listravam a visão.
Mesmo assim dois cãezinhos esguios
por ela entravam,
atraídos pelo cheiro
da comida no fogão.
E na hora em que família se reunia
na varanda pra almoçar,sempre pra eles sobrava,

Um pouco de tudo, pra festejar.
Hora o osso, de uma pobre galinha,
um pouco de angu de fubá,
água da poça, quando chovia,
mas se a barriga tava cheinha
pra que reclamar.
Um dia uns homens vieram,
derrubaram da roça, a cerca
E os cãezinhos espiavam
Com carinha de surpresa.
Agora seria mais fácil...
Nada de arame pra espetar.
Mas aí... chegaram tijolos
E mais homens, e mais pás.
Uma imensa parede crescia
Pra roça novamente cercar
Pobres cãezinhos agora
Se olhavam ,
Famintos a pensar
Melhor procurar outra cerca
Por que comida
É pra comer
E não, só pra cheirar.

Lú Vilela


Chegou Edumanes
Comida pra comer e não cheirar
Dois amigos de quatro patas
Parede alta não consegue saltar
Coitado do Vira Latas!

Vida de cão abandono
Sem comida para comer
Volta a meia está deitado
Sem vontade de correr!

Famintos a pensar
Para a roça olharam
Sem lá poderem entrar
Muito tristes ficaram!

Dois cãezinhos esguios
Que antes na roça entravam
Pelo cheiro da comida atraídos
Com parede de tijolos nunca mais lá entraram!

De barriga cheia não reclamar
Isso era dantes lá na roça
Agora sem lá poder entrar
Sem comida, nem água na poça!


Chegou a Majoli


Ah que judieira
Um muro pra atrapalhar
Cheirar, não enche barriga
Outra cerca terão que encontrar

Pois passar fome, não merecem não
Dois vira-latas fofos são
Tomara que encontrem uma solução
Pra encher o barrigão



20 comentários:

  1. Que cão lindo, mas alguém vai alimenta-lo! abraços

    ResponderExcluir
  2. Deixarão uma porta para entrarem, certamente!

    Ai, que desprezo eu sinto por quem abandona animais!!!

    Uma boa semana. linda

    ResponderExcluir
  3. Coitados!!!
    Tomara que eles consigam sair dali!!!
    Bjs do Neno

    ResponderExcluir
  4. E nada de maltratar os animais né Chica?
    rs
    O Neno tem razão, tomara mesmo eles consigam outros caminhos onde possam não apenas cheirar ... rs
    bom dia Chica e Neno

    ResponderExcluir
  5. Comida pra comer e não cheirar
    Dois amigos de quatro patas
    Parede alta não consegue saltar
    Coitado do Vira Latas!

    Vida de cão abandodo
    Sem comida para comer
    Volta a meia está deitado
    Sem vontade de correr!

    Famintos a pensar
    Para a roça olharam
    Sem lá poderem entrar
    Muito tristes ficaram!

    Dois cãezibhos esguios
    Que antes na roça entravam
    Pelo cheiro da comida atraídos
    Com parede de tijolos nunca mais lá entraram!

    De barriga cheia não reclamar
    Isso era dantes lá na roça
    Agora sem lá poder entrar
    Sem comida, nem água na poça!

    Boa segunda-feira para você,
    amiga Chica,
    um abraço
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  6. Chica,minha querida amiga, que surpresa boa, e quanta honra para mim
    ver os meus versos postados em um de seus blogs que tanto gosto. Estou imensamente feliz e agradecida.

    Pessoas assim conscientes e amigas iguais a você, tornam o mundo melhor e mais feliz.
    Grande abraço
    Lú Vilela.

    ResponderExcluir
  7. Adorei a poesia!
    Que pena isso ainda ocorrer.
    Vira-lata é tudo de ótimo.
    uma ótima semana para ti.
    abração com carinho

    ResponderExcluir
  8. Ah que judieira
    Um muro pra atrapalhar
    Cheirar, não enche barriga
    Outra cerca terão que encontrar

    Pois passar fome, não merecem não
    Dois vira-latas fofos são
    Tomara que encontrem uma solução
    Pra encher o barrigão

    rsrs

    Beijos Chica querida.

    Ah, diga pro Neno que o visitei, mas como não dá pra deixar comentários lá, diga que eu adorei.
    Beijos Neno fofo.

    ResponderExcluir
  9. QUE FOFO O CACHORRINHO,ELE VAI CONSEGUIR COMIDA TENHO CERTEZA.BEIJOS

    ResponderExcluir
  10. Chica! Esses vira-latas são muito espertos! Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Uauau que linda roda aqui formada,em defesa ao melhor amigo do homem.Parabéns poetas.Lindas mensagens.Valeu Joaninha Gostei.Bjus\Flor*

    ResponderExcluir
  12. *。¨* ✫ ” ✫. ☽¨¯*。.☆¨*。¯`☆¸.✫˚¯`☆
    Ficou muito bonito, as fotos, e a mensagem, adorei vc falar sobre esses bagunceirinhos ai, tenho um quase igual e é legal mesmo
    abraços


    Bjuss
    Rita!!!!
    *。¨* ✫ ” ✫. ☽¨¯*。.☆¨*。¯`☆¸.✫˚¯`☆

    ResponderExcluir
  13. Deve ser história real!Linda poesia da Lu e muito triste esses cãezinhos em abandono!Bjs e meu carinho,

    ResponderExcluir
  14. Quer versos lindos! Tenho certeza de que ele vai achar um jeito e vai se alimentar.
    Abração.

    ResponderExcluir
  15. O problema não é só a fome, mesmo porque eles fuçam tudo e acabam encontrando o que comer, o maior problema é o abandono de carinho, de amor de atenção...

    ResponderExcluir
  16. Chica aqui estou agradecendo a sua visita e pedindo oração para a minha família é que minha mamãe vai operar de novo e estamos assustados.Os cães sempre encontram uma maneira de fazer um buraco e entrar... Um grande beijo poético desta CaipiraciabANA Marly de Oliveira Jacobino

    ResponderExcluir
  17. Oi Chica,

    Coitadinhos dos cachorrinhos, ficaram sem comida. Assim como eles, devem ter muitos por aí vagando e torcendo para encontrar alguma comida que os encha a barriga.

    Fiquei triste por deles! =(

    ...Beijinhos...

    ResponderExcluir
  18. Eu Concordo com eles rsrsrs
    A Comida é pra comer e não para se cheirar

    beijos
    Andrea

    ResponderExcluir
  19. Uma Maravilhosa Quarta-feira

    Um Beijo Enorme
    Andrea

    ResponderExcluir
  20. Fui lendo, embalada pelo ritmo, pensando em minha Lulu. Então o final me pegou desprevenida - que triste!
    =(

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥