♥ Na Arca do Noé... ♥


NA ARCA DO NOÉ



Na arca do Noé
Tem elefante, leão,
Formiga, abelha, mosquito
E confusão de montão!



O pescoço da girafa
Enrolou no macaquinho
Que ficou bem irritado
E puxou o seu rabinho!



Dona Cabra e os cabritinhos
Ficaram bem apertados,
A preguiça espaçosa
Não os deixou sossegados!



O cachorro só latia,
O gatinho só miava,
A ovelha só balia
E o peixinho... nada!



Gaguejava o hipopótamo
E queria festejar
Hip hip. ele gritava
E o porquinho o cutucava!



Noé ficou maluquinho
Com passarinhos voando,
Trotando muitos burrinhos,
Cavalinhos relinchando!



E foi feliz a chegada
No final da tempestade!
Toda aquela bicharada
Foi prá floresta á vontade!

Chegou Edumanes

Tem elefante e leão
Gato e rafeirinho
Não tem arco nem balão
Nem rosmaninho!

Na Arca de Noé
Tem muito bichinho
Em silêncio sem banzé
Vai um cachorrinho!

Chegou a voar
A abelha mestra
vinha ela a pensar
Em dar sua palestra!

Mas foi interrompida
Pelo zangão
Tendo ficado aborrecida
Com aquele bicharão!

Miava o gato com fome
Berrava muito a cabra
Seguiam de sul para norte
Numa barca
E não num bote!

Levava toda a bicharada
A Arca de Noé
O cavalo não parava
De bater o pé!

Fugidos da tempestade
Para onde eles irão
Para a floresta em liberdade
Na companhia do leão!


Chegou a Ana Marly


Vozerios

Ana Marly de Oliveira Jacobino


Na arca do Senhor Noé,
Urrar é coisa para Leão,
Bramir é coisa do Jacaré,
Assusta o astuto Gavião!

Regouga triste o Chacal,
Para a lua sua namorada,
Nada pode ser mais irreal
Que vê-la tão apaixonada.

Tritrila o grilo a estibordo
Nesta viagem tão maneira,
Pensa logo em um acordo,
Calar a cotovia que gorjeia!

Gru, brã, au, cri, pio, gru.
Gru, brã, au, cri, pio, gru.
Gru, brã, au, cri, pio, gru.
Gru, brã, au, cri, pio, gru.


18 comentários:

  1. Olá! Após quarenta dias a bicharada voltou a floresta rs abração

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Chica, linda Chica! Que saudade deste canto de poemas e desta arca de conhecimento!
    O tema Arca de Noé já é maravilhoso e instiga a imaginação das crianças! Adorei o poema...feliz e cheio de aventura!
    Eu ainda estou de férias, mas logo volto com a rotina e ideias!
    Beijos, saudades e um lindo dia em sua casa!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro a história da Arca de Noé.
    Amei o poetar :)

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Chica!
    Essa arca contém muita alegria, está lindo.

    Beijos querida

    ResponderExcluir
  5. Tem elefante e leão
    Gato e rafeirinho
    Não tem arco nem balão
    Nem rosmaninho!

    Na Arca de Noé
    Tem muito bichinho
    Em silêncio sem banzé
    Vai um cachorrinho!

    Chegou a voar
    A abelha mestra
    vinha ela a pensar
    Em dar sua palestra!

    Mas foi interrompida
    Pelo zangão
    Tendo ficado aborrecida
    Com aquele bicharão!

    Miava o gato com fome
    Berrava muito a cabra
    Seguiam de sul para norte
    Numa barca
    E não num bote!

    Levava toda a bicharada
    A Arca de Noé
    O cavalo não parava
    De bater o pé!

    Fugidos da tempestade
    Para onde eles irão
    Para a floresta em liberdade
    Na companhia do leão!

    Bom fim de semana para você,
    amiga Chica, um abraço.

    Parabéns e um beijinho para amiga
    (Anne Lieri)
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  6. Oiê!

    Que graça de poema...

    Está arca está uma fofura...

    Beijokasssss...

    Fica com Deus...

    Hanan Mustafa

    ResponderExcluir
  7. As poesias da Anne são fenomenais. Essa falando ludicamente da arca de Noé, deixa a criançada encantada.
    Parabéns às duas.
    Abração.

    ResponderExcluir
  8. Chica minha querida Chica lendo a poesia da nossa querida Anne gostei tanto que escrevi esta: Vozerios_ Ana Marly de Oliveira Jacobino


    Na arca do Senhor Noé,
    Urrar é coisa para Leão,
    Bramir é coisa do Jacaré,
    Assusta o astuto Gavião!

    Regouga triste o Chacal,
    Para a lua sua namorada,
    Nada pode ser mais irreal
    Que vê-la tão apaixonada.

    Tritrila o grilo a estibordo
    Nesta viagem tão maneira,
    Pensa logo em um acordo,
    Calar a cotovia que gorjeia!

    Gru, brã, au, cri, pio, gru.
    Gru, brã, au, cri, pio, gru.
    Gru, brã, au, cri, pio, gru.
    Gru, brã, au, cri, pio, gru.

    ResponderExcluir
  9. ♥╰☆╮(¯`♥´¯)♥╰☆╮
    Boa noite pra você!!

    Vim agradecer sua visita sempre
    carinhosa no meu Cantinho.
    Ficarei ausente por uns dias, por
    causa da saúde da minha Mãe
    Quando puder estarei de volta, deixo um abraço bem apertadinho
    Bjusss
    Rita!!!!
    ♥╰☆╮(¯`♥´¯)♥╰☆╮

    ResponderExcluir
  10. Anne sempre nos encantando com a sua delicadeza!! bjs

    ResponderExcluir
  11. Anne sempre nos encantando com a sua delicadeza!! bjs

    ResponderExcluir
  12. Chica! Lindas, poesias e Anne! Laura adora a história de Noé!! Beijo!

    ResponderExcluir
  13. Rimas, alegrias e cores, tudo junto, transforma-se em amores...

    ResponderExcluir
  14. Eita, que a bicharada foi bom bem representada nesses versos!
    Gostei muito!
    ;)

    ResponderExcluir
  15. Chica,é tão gostoso ver minha poesia por aqui! É engraçado mas com o passar do tempo nos esquecemos e acho legal recordar!Obrigada!bjs e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  16. Eu adoro o seu Blog!!!
    Me sinto muito bem aqui

    Beijos no Coração
    Andrea

    ResponderExcluir
  17. Querida Chica, nunca tinha visitado este Blog, como Havia perdido tempo, acho que Deus me botou neste instante nele.
    E adorei, com tanta simplicidade, que Jesus até diz Amém. Como são Lindas as Crianças, que até Jesus diz Amém!

    Abraço, Edson.

    ResponderExcluir
  18. Linda integração com a Anne, Edumares e a Ana.

    Parabéns,
    Beijos

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥