♥ O gato e o peixinho... ♥




Um lindo peixinho vivia em paz dentro do seu aquário quando recebeu a visita de um certo gatinho astuto que aos poucos foi conquistando a sua confiança, pensando em devorá-lo.


Um dia, quando já eram amigos, o gatinho aproximou-se do aquário e com voz carinhosa disse:


_ Peixinho, este aquário está tão apertadinho, você quer se mudar para um maior eu lhe consigo.


O peixinho agradeceu respondendo-lhe:


- Não amigo, vai lhe dar muito trabalho.


_ Que nada!! disse o gatinho, é pra já.


Saiu correndo, providenciou um aquário maior colocando-o próximo ao que o peixinho nadava e sussurrou baixinho:


_Agora é só pular do seu para este maior.


O gatinho, inocentemente, acreditando que o gato era seu amigo .....VAPT!! deu um belo salto indo parar na boca do bichano que não se aguentava mais de tanto esperar...


Moral: Nem sempre devemos acreditar em quem se diz nosso amigo.


soninha


(((o)))o(((o)))o(((o)))

Chegou Edumanes:

O gato se fazia de amigo
Do peixinho inocente
O queria ver entretido
Para lhe afincar o dente.

Usando de falsa intenção
Do lado fora o gato espreitar
Disse o gato espertalhão
Aquário maior te vou arranjar.

Esse tem pouco espaço para nadar
Fazendo nele confiança o peixinho
Nas nas suas palavras acreditar
De um para o outro saltar coitadinho
Na boca do gato bichano foi parar.

Amigo falso é perigoso
Nele não se pode confiar
Assim fez o gato manhoso
Para o peixinho inocente parar!

8 comentários:

  1. Oi Chica,
    Amigo é todo aquele que está ao seu lado para o que der e vier, nas dores nas tristeza, na dor da carne e da alma, pois as outras pessoas são nossos colegas.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  2. Amigos verdadeiros podemos contar nos dedos, não?
    Linda história da Soninha, Chica
    Beijinhos para tí
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  3. Chica lindo poema mas é verdade que nem sempre podemos acreditar naquilo que nos dizem,
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  4. O gato se fazia de amigo
    Do peixinho inocente
    O queria ver entretido
    Para lhe afincar o dente.

    Usando de falsa intenção
    Do lado fora o gato espreitar
    Disse o gato espertalhão
    Aquário maior te vou arranjar.

    Esse tem pouco espaço para nadar
    Fazendo nele confiança o peixinho
    Nas nas suas palavras acreditar
    De um para o outro saltar coitadinho
    Na boca do gato bichano foi parar.

    Amigo falso é perigoso
    Nele não se pode confiar
    Assim fez o gato manhoso
    Para o peixinho inocente parar!

    Boa noite para você,
    amiga Chica, um abraço
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  5. Muito bom a gente ter amigos com quem sabemos que podemos contar sempre. bjs

    ResponderExcluir
  6. Chica,bom dia!
    Amigo de verdade é aquele que está com a gente perto ou longe pro que der e vier.Esses se contam nos dedos,abraços meus e do Francesco que ficou todo pabo diante da homenagem,rss!

    ResponderExcluir
  7. Um conto triste mas infelizmente verdadeiro! Por mais bonzinho que seja um gato,seus instintos sempre serão maiores.Bjs,

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥