♥ O Menino sonhador... ♥

imagem daqui



 Era uma vez um homem que tinha uma oficina de sapatos.

 Numa época em que não havia fábricas. Ele tinha dois filhos. Era um artesão que fazia com refinado cuidado, o seu trabalho. Um artista!

Os meninos iam aprendendo e ajudavam na confecção dos calçados. Logo cedo, depois de tomar o café e chocolate ; e comer o pão que a mulher fazia em casa; e ainda a geleia de morangos, o homem abria sua lojinha na frente da casa, onde morava com a família. E se punha a trabalhar. Junto com os filhos, Betinho e Juquinha, que chegavam logo depois.


Os meninos tinham que cortar o couro que já era curtido e preparado para o serviço. Tinha também a pelica de várias cores. E deviam se ocupar das gavetas onde ficavam as fivelas, as linhas para as costuras, as correntinhas e fitas para laços que enfeitariam os sapatos.

 E cuidavam das ferramentas também.
Juquinha gostava mais de limpar a oficina e arrumar as prateleiras, colocando os calçados que estavam sendo preparados e os que já estavam prontos para a entrega. Ele ficava encarregado também de anotar os pedidos e entregar as encomendas.


Mas era o seu irmão Betinho quem tirava as medidas dos pés dos clientes. E já estava começando a executar com perfeição, lindos exemplares de sapatinhos femininos infantis.


Um dia, uma senhora muito elegante entrou na loja com uma menina que usava um bonito vestido azul cheio de estrelinhas bordadas. Trazia uma fita de veludo nos cabelos loiros. Tinha as faces bem rosadas; e brilhantes olhinhos cor de mel. A mulher queria justamente encomendar um par de sapatinhos azuis para a filha.


Depois daquele dia, Betinho começou a sonhar com a garotinha. Imaginava estar passeando com ela e brincando com bolhas de sabão, que saíam coloridas pelo ar e depois se desfaziam. Via-se soltando pipas sob os olhares risonhos da linda menina. E correndo, a se esconder, para por ela ser encontrado. Betinho se imaginava com ela, à beira de algum lago, onde peixinhos dourados nadavam sem parar.


Esses devaneios aconteciam quando ele estava preparando os calçados dela. Procurou fazer o melhor que soube. Feito pelas mãos de um menino sonhador, aquilo se tornou uma obra de arte.


E olhos curiosos ou não, apressados ou não, fatigados ou não, sempre se encantavam com a visão daqueles delicados sapatinhos. Que foram feitos com um carinho a mais.
E tudo que é feito com amor é sempre maravilhoso.


Mas a doce menininha, nem de longe, soube que um dia inspirara os sonhos daquele menino. E que por isso mesmo, os seus sapatinhos ficaram mais bonitos e charmosos do que os de qualquer princesa no mundo.

Esther Lessa

(((o)))o(((o)))o(((o)))

Chegou Edumanes

Era uma vez um homem que
tinha uma oficina de sapatos

Dois filhos ele tinha,
Qual deles o sonhador
Betinho ou Junquinha
Na oficina o medidor.

Sapatinho para o seu delicado pezinho
Faces rosadas, cabelo loiro a sua cor
Para a menina fazia sapatinho
O betinho sonhador

Com ela, ele sonhava
Depois daquele dia
Doce meiguinha colocava
Ele no sapatinho dela palmilha.

Sapatinhos feitos à medida
Ela tinha pezinho de Cinderela
Com uma fita seus cabelos prendia
De veludo, charmosa e tão bela!

De vestido azul, tão linda
Cheio de estrelinhas bordadas
Olhinhos cor de mel, ela tinha
Brilhantes e as faces rosadas!

13 comentários:

  1. Meu primeiro bom da vai para voce amiga Chica!
    Aquela que sempre me acarinha com seus comentários e eleva minha auto estima blogal, rsrs
    Que seu dia seja repleto de alegrias com sementinhas de esperança , e como o Betinho da historia irradie amor nas coisas que faz. Eu so tenho visto am nas sãs palavras!
    Bj
    Zizi

    ResponderExcluir
  2. Retificando o teclado
    Eu so tenho visto isto nas suas palavras. Amor!

    ResponderExcluir
  3. Oi Chica!
    Esse amor de criança acontece sempre e perdura a lembrança por muitos anos. É gostosa essa saudade.
    Linda historinha
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  4. Amor de criança, inocente e puro.

    O amor é tudoooo!!!

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Chica
    O amor puro e inocente que vai ficar eternizado no coração sonhador do Betinho. Lindo conto!
    Beijos e uma linda semana repleta de amor e harmonia.
    Gracita

    ResponderExcluir

  6. Era uma vez um homem que
    tinha uma oficina de sapatos

    Dois filhos ele tinha,
    Qual deles o sonhador
    Betinho ou Junquinha
    Na oficina o medidor.

    Sapatinho para o seu delicado pezinho
    Faces rosadas, cabelo loiro a sua cor
    Para a menina fazia sapatinho
    O betinho sonhador

    Com ela, ele sonhava
    Depois daquele dia
    Doce meiguinha colocava
    Ele no sapatinho dela palmilha.

    Sapatinhos feitos à medida
    Ela tinha pezinho de Cinderela
    Com uma fita seus cabelos prendia
    De veludo, charmosa e tão bela!

    De vestido azul, tão linda
    Cheio de estrelinhas bordadas
    Olhinhos cor de mel, ela tinha
    Brilhantes e as faces rosadas!

    Boa segunda-feira para você,
    amiga Chica, um abraço
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  7. Chica, que historinha encantadora! A imagem é linda!
    beijinhos
    Pedro

    ResponderExcluir
  8. Lindo esse poema da amiga Esther, parabéns pela bela postagem.

    ResponderExcluir
  9. Que conto mais lindo,Chica! Tudo que é feito com amor fica muito mais bonito,com certeza!bjs,

    ResponderExcluir
  10. Chica: lindo texto bem como o poema sempre tens jeito de escrever coisas linda para as crianças mas que os adultos também gostam como é o meu caso.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  11. Dois modos especiais de falar desse sentimento forte chamado amor, genuinamente vivído por esse menino.
    Abraços pra vocês!

    ResponderExcluir
  12. Hoje é um dia muito especial
    comemora se o dia do professor.
    È com carinho que deixei no meu blog
    uma homenagem a todos os professores
    também um mimo com muito carinho.
    Eu não poderia deixar em branco
    essa data tão importante.
    Meu carinho a você sendo professor
    ou não.
    Com muito amor te deixo meu abraço
    e carinho.
    E a oferta do mimo é para todos
    quer seja educador ou não,
    pois todos nós temos uma sagrada missão
    de educar nossos filhos.
    Quanto ao professor o dever de alfabetizar,
    Beijos e carinhos , Evanir.

    ResponderExcluir
  13. Lindo conto onde o amor é o sentimento maior, pois o que é feito com amor sempre sai perfeito.
    Parabéns a você pela postagem e a autora pelo belo conto.

    Bjos.

    There

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥