♥ O Saci e o Boi Bumbá ♥





O Saci e o Boi Bumbá
(Hull de La Fuente)


O Saci muito medroso
Tinha medo do Boitatá
E contou pro Caprichoso
Um daqueles Boi Bumbá.

Boitatá soltava fogo
Pelas ventas a todo hora
E a mãe do Saci em rogo
Lhe pedia:- vai embora!

Mas Boitatá respondia:
-só vou se você me der
O cachimbo da alegria
Pois não é coisa de mulher.

Dona Saci se zangava
E chamava o Boi Bumbá
Pra ver se ele assustava
O teimoso Boitatá.

Boitatá cobra valente
Parecida com dragão
Incendiava num repente
A floresta e o sertão.





Foi então que Boi Bumbá
De Parintins trouxe a idéia
Com os caprichosos de lá
Fariam grande colmeia.

Em forma de caldeirão
Com bastante mel fervido
E a tal cobra dragão
Seria lá derretido.

E chegado o festival
Do povo de Parintins
O convidado especial
Era o Boitatá, enfim.

Boitatá tolo, vaidoso,
No grande carro subiu
E o povo em volta ansioso
Animado o aplaudiu.

Boitatá caiu no mel
E começou a dançar
Soltava fogo a granel
E suas escamas a saltar.

Mas o mel foi se esfriando
E Boitatá gritou aflito:
“O meu fogo está apagando
Tô virando um pirulito.

E assim deu-se a vitória
Do Saci e o Boi Bumbá
Nesta bela e curta estória
Do que foi o Boitatá.

Acabado o festival
No Boidródomo naquele dia
Um pirulito especial
Dos curumins fez a alegria.





(Hull de La Fuente)



Chegou Edumanes:


O Saci e o Boi Bumbá
Bumbá é boi
O saci quem será
Para onde ele foi
À sua espera quem estará.

Esta história bem contada
Está muito bem escrita
Por ser assim tão engraçada
Quem a ler contente fica.

Assim comigo acontece
Parabéns a quem a escreveu
Brilhante como estrela no céu
Por isso ser elogiado merece.

Boitatá salta fogo
Caprichoso amedrontado
Não quis entrar no jogo
Com medo de ser derrotado.

Talvez por ser manhoso
Dana Saci se zangava
Boitatá o teimoso
O cachimbo desejava.

Era um dia especial
Muita farra e alegria
Pirolito não faz mal
Só bebido em demasia.

Linda história li com alegria
Do Brasil chegou a Portugal
No Boidródomo naquele dia
Acabado o festival!


Chegou a Dorli

Eu conheço o Boi Bumbá
Não é tão mau assim, tá?
Crianças entram na sua barriga
Ficando com as pernas de fora

Ô saci! Que medo é este?
Pra assustar não tem medo
Corre atrás do galo.Coitado!
Medo do Boi Bumbá?É inocente?

15 comentários:

  1. Coitado do boitata que se derreteu no caldeirão e virou um pirolito na grande festa de lá...

    ResponderExcluir
  2. Essas figuras folclóricas estão fincadas nas minhas raízes, e voltam a minha imaginação quando as vejo! abraços

    ResponderExcluir
  3. Como amo a nossa diversidade cultural que tanto influencia o folclore brasileiro e o saci é um dos personagens que melhor o representam.

    ResponderExcluir
  4. O Saci e o Boi Bumbá
    Bumbá é boi
    O saci quem será
    Para onde ele foi
    À sua espera quem estará.

    Esta história bem contada
    Está muito bem escrita
    Por ser assim tão engraçada
    Quem a ler contente fica.

    Assim comigo acontece
    Parabéns a quem a escreveu
    Brilhante como estrela no céu
    Por isso ser elogiado merece.

    Boitatá salta fogo
    Caprichoso amedrontado
    Não quis entrar no jogo
    Com medo de ser derrotado.

    Talvez por ser manhoso
    Dana Saci se zangava
    Boitatá o teimoso
    O cachimbo desejava.

    Era um dia especial
    Muita farra e alegria
    Pirolito não faz mal
    Só bebido em demasia.

    Linda história li com alegria
    Do Brasil chegou a Portugal
    No Boidródomo naquele dia
    Acabado o festival!

    Desejo um bom dia para você
    amiga Chica, um abraço
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto tanto de lendas, são de riquezas imensuráveis.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  6. A Hull arrasou nessa história em poesia! Parabéns! bjs,

    ResponderExcluir
  7. Chica! Gostei das letras do folclore. Deu até para imaginar os sons. Beijo!

    ResponderExcluir
  8. Oi Chica

    Eu conheço o Boi Bumbá
    Não é tão mau assim, tá?
    Crianças entram na sua barriga
    Ficando com as pernas de fora

    Ô saci! Que medo é este?
    Pra assustar não tem medo
    Corre atrás do galo.Coitado!
    Medo do Boi Bumbá?É inocente?

    Beijocas
    Mundo dos Inocentes

    ResponderExcluir
  9. Querida Chica,
    Só agora a internet voltou. Obrigada por postar meus textos no Sementinha. Fico muito feliz só em pensar que crianças e adultos vão ler minhas estórias. Um grande beijo que Deus abençoe você.
    Hull

    ResponderExcluir
  10. Oi Chica
    Agora vou encerrar, amanhã à noite voltarei, se Deus quiser
    Beijos
    Mundo dos Inocentes

    ResponderExcluir
  11. Chiquinha, tudo bem com vocês?

    Muito bacana poeminhas com essa temática folclórica, acho muito bom as crianças terem contato com nossas histórias e lendas de nosso povo e terra.

    Beijos e espero que tudo esteja bem com vocês!

    ResponderExcluir
  12. Muito lindo e feliz, adorei!

    Tenha um fim de semana maravilhoso!

    ResponderExcluir
  13. Momentos unicos e preciosos!! Lindas histórias!! Adorei imenso a tua postagem!! Muitos beijinhos,fica com deus!!

    ResponderExcluir
  14. Que lindo!!! Quando vejo essas coisas, dá vontade de voltar a trabalhar com crianças (mas depois passa rs).

    Saci é tão bonitinho!!

    ResponderExcluir
  15. Oi Chica, muito lindo! Muito legal ver o nosso folclore colorido refletido aqui.
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥