♥ Sapinho Sapão... ♥






Era um sapinho grandão
De olhos esbugalhados
O seu nome era Sapão
E vivia esfomeado!

Comia qualquer inseto
Que cruzasse seu caminho
Não era nada seleto:
Fazia um ensopadinho.

Assim ficou bem grandão
Mais que bem alimentado
Chegou a ser um gordão
Um sapo dos mais pesados.

Foi o doutor Jacaré
Que sugeriu tratamento
Sapão logo deu no pé:
Injeção eu não aguento!

Mais tarde dona Sapinha
Explicou para o Sapão
Pra você entrar na linha
Só com reeducação.

O sapo de boca aberta
Achou tudo muito estranho
Sou um sapo educado
Limpinho e até tomo banho!

Então Doutor Jacaré
Esclareceu o amiguinho
Sabemos que lava o pé,
Mas não come direitinho!

Verduras, frutas, legumes,
Uma mosquinha por dia...
Nada de muitos queixumes
Deixe de lambiscaria!

Sapão suspirou bem alto
Ficou bem aliviado
Por um instante ele achou
Que seria até internado!

Mas fez o que era preciso
E ficou bem elegante
E parou com a mania
De comer um elefante!

(Anne Lieri)


Chegou Edumanes

O Sapinho Sapão.
Já ouvi dele falar
Dizem que é espertalhão
Não se deixa enganar.

Um dia deu um trambolhão
Pela sope a rebolar
No nariz fez um arranhão
Com dores ficou a reclamar.

Caiu dentro de um caldeirão
Quando água ir beber
Não se desviou dum torrão
No caminho não o ver.

Foi um momento de aflição
Nesse dia tudo lhe aconteceu
Pôs o pé no esparrelão
Foi à fonte e água não bebeu.

Encontrou o elefante
Com ele dialogou
Ao passar o rio pela ponte
O medricas se assustou.

Diziam que tão valentão
Mas afinal não é verdade
O Sapinho Sapão
Gosta de viver em liberdade!

10 comentários:

  1. Bom dia de sábado!!!!

    Agradeço sua visita tão carinhosa
    e desejo sempre o melhor pra vc
    tenha um final de semana cheio de alegria com esse post divino, que
    sempre enche nossos olhos de muita
    alegria bjussss

    Abraços com carinho!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  2. Como é bom chegar aqui e ser invadida pela magia do lado criança! Amei conhecer um sapinho tão bem pintado pela lente de um olhar sensível e pelas letras de uma linda poesia! Um ótimo final de semana!

    ResponderExcluir
  3. Chica, amei a historinha da tia Anne! Esse sapão é muito guloso!
    Beijinhos e um feliz dia!
    Pedro

    ResponderExcluir
  4. KKK...Bem divertido esse sapão e adorei ve-lo por aqui neste blog que adoro! Obrigada,Chica! bjs,

    ResponderExcluir
  5. Oi lindinha, estava com saudades!

    Que historinha mais bonitinha, o sapo da imagem também está bem gordinho!!

    Beijão!

    ResponderExcluir


  6. O Sapinho Sapão.
    Já ouvi dele falar
    Dizem que é espertalhão
    Não se deixa enganar.

    Um dia deu um trambolhão
    Pela sope a rebolar
    No nariz fez um arranhão
    Com dores ficou a reclamar.

    Caiu dentro de um caldeirão
    Quando água ir beber
    Não se desviou dum torrão
    No caminho não o ver.

    Foi um momento de aflição
    Nesse dia tudo lhe aconteceu
    Pôs o pé no esparrelão
    Foi à fonte e água não bebeu.

    Encontrou o elefante
    Com ele dialogou
    Ao passar o rio pela ponte
    O medricas se assustou.

    Diziam que tão valentão
    Mas afinal não é verdade
    O Sapinho Sapão
    Gosta de viver em liberdade!

    Bom domingo para você,
    amiga Chica, um abraço
    Eduardo.
    PS: Parabéns Anne Lieri.

    ResponderExcluir
  7. Que fofoooo esse sapo!!!!!! Adorei!!! E me identifiquei!!!!!

    ResponderExcluir
  8. E esse sapinho, se alguém der um beijo quem sabe não vira príncipe!
    Beijinho

    ResponderExcluir
  9. OI Chica, adorei a história do Sapão. Tô precisando entrar na reeducação junto com ele.
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe

    ResponderExcluir
  10. Dois autores fabulosos,e uma história bem divertida dando aquela lição!
    Abraço grande,

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥