♥ GATOS NO TELHADO ♥




De um lado para outro,
na cama a virar,
ninguém na casa dormia,
com as telhas a balançar.

Além disso, o barulho,
mostrava haver,
grande correria,
no telhado pra valer.

Quando o telhado aquietava,
o silêncio era quebrado,
por choroso miado,
que a todos enlouquecia.

O marido a reclamar,
amanhã tenho que trabalhar,
a mulher não queria fogo por,
mas tinha que concordar.

De repente, um barulhão,
o pulo do gato a telha quebrou,
indo parar no barrigão,
do assustado marido.

Em seguida, dona gata,
que do gato tanto corria,
o buraco aproveita,
pulando na cama também.

A raiva passou,
ambos riam sem parar,
do gato ela corria,
mas sem ele ficar não queria.


Chegou Edumanes:

Tantos bichanos no telhado,
assim nunca eu tinha visto
porque nada estará errado
num poema tão bem escrito.

O que estarão eles a tramar,
lá no telhado todos em fila
talvez, prontos para atacar
alguma descuidada andorinha.

14 comentários:

  1. Quanta sensibilidade e humor nestes belos versos da Luconi. Parabéns a ela pela criatividade.
    Um lindo dia para você, Chica
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Tantos bichanos no telhado,
    assim nunca eu tinha visto
    porque nada estará errado
    num poema tão bem escrito.

    O que estarão eles a tramar,
    lá no telhado todos em fila
    talvez, prontos para atacar
    alguma descuidada andorinha.

    Tenha um dia amiga Chica, um abraço.
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  3. Gosto muito de ler os versos de Luconi. Esse dos gatos é supimpa, pois há tempos que a farra deles em telhados acabou. Cercas elétricas de todos os lados, por aqui, tomaram conta da paisagem! Edumanes também é um versista e tanto! Um longo abraço!

    ResponderExcluir
  4. KKKKKK!
    Que legal!
    Boa troca essa: a raiva pelo riso!
    Adorei!
    Bjs do Neno

    ResponderExcluir
  5. Que susto hein?
    A telha quebrando rs....


    bjokas =)

    ResponderExcluir
  6. Poesia muito fofa e divertida da Luconi! bjs,

    ResponderExcluir
  7. Que legal, Luconi! Lembrei-me dos miados escandalosos dos gatos namorando no telhado.Ficávamos doidos para ver o que estava acontecendo,rsrs.
    Lindíssima a narração poética.
    Beijos para as duas.

    ResponderExcluir
  8. Chica, muito legal e divertida a poesia da Luconi!Adorei! beijinhos Pedrinho

    ResponderExcluir
  9. Estes gatinhos são mesmo muito arteiros e divertidos.
    Adorei os versinhos da Luconi, Chica
    Beijinhos para ambas de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  10. Estes gatinhos são mesmo muito arteiros e divertidos.
    Adorei os versinhos da Luconi, Chica
    Beijinhos para ambas de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  11. ...desde criança tenho pavor dos miados de gato no telhado ou no muro...rs enfiava a cabeça debaixo das cobertas...rs

    Esses gatinhos de Luconi e Edumanes criaram reboliços por aqui! Divertiu!

    Beijos a todos e linda sexta feira!

    ResponderExcluir
  12. Chica meu anjo, só você para fazer eu sorrir, obrigada meu anjo, é um carinho em meu coração, hoje as grávidas vieram pra cá, aí aí, uma querendo mais atenção que a outra e a vovó aqui não sabia quem atender primeiro, só agora consegui vir, e a Camilinha quer ver um site e enxovais de bebe, já vou ter que sair, bem vou tricotar, tudo que faço tem que ser de três, ou pego pratica agora ou nunca mais, beijos e obrigadão, Luconi

    ResponderExcluir
  13. Ah Chica.. eu tinha medo mesmo e tenho até hoje..esses dias tem gato cantando aqui no quintal dos outros..parece que vão entrar na nossa casa e pular na gente..rs

    A mãe até me ensinou o que eles conversam um com o outro...e dá certinho mesmo..rs

    Beijosss Feliz sexta-feira!!!!

    ResponderExcluir
  14. Amiga bom dia.
    Amei tua visita, obrigada de coração.
    Teu blog sempre lindo.
    Espero que realmente ela tenha gostado.
    Beijocas e até breve.

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥