♥ Malaquias ,o sortudo... ♥





* Fotos trazidas lá da Pinta Roxa, de Portugal!


Malaquias, o porco-espinho se escondia
andava de cá pra lá,  com tudo assustado
Antes, menos construções por lá havia
hoje, gente, carros e sustos por todo lado!

Correu e de repente uma alma boa o viu
levo-o para a sua casa. deu-lhe comida
ali, assustado, ainda um pouco arredio
sem saber que haviam lhe salvo a vida!

Que sorte teve o  porquinho Malaquias...
Agora cuidado, bem tratado e protegido!
Na casa agora, com  família boa era só regalias...
E só de ver seu olhinho, o víamos bem agradecido!

chica

(((o)))o(((o)))o(((o)))

Li na Pinta e me inspirei!

Vejam as palavras dela por lá!

"Quando era miúda apareciam muitos ouriços nos quintais.
Apareciam e desapareciam, desafiando os cães de guarda.
Depois com o passar dos anos, a construção foi crescendo, as estradas apareceram e hoje em dia muitos não as conseguem atravessar e chegar vivos ao outro lado.
O Malaquias andava perdido.
Agora não está no seu meio ambiente, mas tem uma casa e comida, por agora está protegido das rodas dos carros."


6 comentários:

  1. Sorte do Malaquias ter sido encontro por um coração generoso que lhe salvou a vida, deu-lhe um lar e muito amor
    Lindos versos Chica
    Beijos minha querida

    ResponderExcluir
  2. Que amor esse Malaquias! Amei e levou-me direitinho à infâcia, na escola da fazenda onde vez ou outra tínhamos que sair correndo por causa de porco espinho, amoitadinho por lá, ou raposinha, ou lagarto e até tatu. Era um auê danado, a começar pela professora. Ainda bem que Malaquias encontrou alguém para tirá-lo do perigo das ruas! Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. uauu chica que inspiração e que homenagem ao Malaquias.
    Ainda ontem o vi fui a casa da mãe, esconde-se no meio da palha e lá fica só à noite sai do seu montinho para comer.
    O meu irmão comprou-lhe um saco de comer de gato e ele adora :)
    Beijinhos grande querida e adorei a tua postagem também é de certa forma uma homenagem a mim. beijos beijos beijos

    ResponderExcluir
  4. Chica, que lindo bichinho. Acho que nunca vi um porco-espinho assim ao vivo. Imagino o alvoroço da criançada?! espero que o Malaquias sossegue e regresse depressa ao seu lar na natureza.
    Beijinhos, uma linda semana
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  5. Porco espinho esse maroto,
    fugiu de Portugal para o Brasil
    da Pinta Roxa, não do mocho
    com um frasco de cresil.

    Pensava ele outra coisa ser,
    mas enbganou-se redondamente
    bem feita que é para aprender
    viva toda a sua vida contente!

    Tenha uma boa noite amiga Chica, um a braço.
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  6. Linda inspiração!
    foste bem nas ricas palavras!
    e que bom o Malaquias encontrar um abrigo
    só não pode ficar nervoso!
    senão,,, espinhos vão rolar!

    bj

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥