♥ BZZZZ! ♥

BZZZZ!

Ih! que coceira danada...
só tem um jeito: coçar!
Deve ser a mosquitada,
isso me fez eu lembrar:

Inseto é bicho engraçado,
que a natureza inventou.
Menino ficou chateado,
quando a vespa lhe picou!

Tem inseto pra todo lado,
até debaixo da cama.
Tem um cascudo listrado,
que parece de pijama!

A pulga só dá coceira,
no cachorro do vizinho.
O piolho da cabeleira,
é o mais pequenininho!

Tem inseto que dá mel,
é abelha da cor do ouro.
Tem que parece papel,
alguns tipos de besouro!

Tem um que há muito não vejo,
vive na casa mais suja.
É o tal do percevejo,
e o barbeiro de lambuja!

Aquela mais bonitinha,
acaba com a plantação.
A inocente joaninha,
come folha de montão!

A traça roe toda a roupa,
é uma praga muito chata.
Tem outra que não se poupa,
a enjoada da barata!

Tem inseto muito curioso,
outros se escondem no chão.
Um que é muito venenoso,
é o raio do escorpião!

A mosca da bananeira,
não é muito barulhenta.
Já a mosca varejeira,
é que eu acho mais nojenta!


Tem borboleta bonita.
até parece com a Xuxa.
E se você acredita,
tem uma chamada bruxa!


Até de um grilo falante,
já me disseram que tem,
e da cigarra cantante,
já me falaram também!

Formiga é trabalhadeira,
e come folha do chão.
Depois vem a choradeira,
quando acaba a plantação!

Gafanhoto pula alto,
e louva-deus é comprido.
Usa sapato de salto,
mas fica bem escondido!

Pra pegar essa bicharada,
a aranha é que faz a teia.
Fica bem quieta parada,
olha que coisa mais feia!

Cupim é até bonitinho,
dos mais espertos que há.
Se não fica escondidinho,
quem gosta é o tamanduá!

Caminhando o dia inteiro,
a centopeia é um barato.
Quero ver arrumar dinheiro,
pra ela comprar sapato!

Aquele salto comprido,
o gafanhoto é quem deu.
Só que ficou distraído,
e a lagartixa comeu!

Tem muito inseto voando,
e também pequenininho.
Todos acabam virando,
comida pra passarinho!




6 comentários:

  1. Uma graça de poesia Chica!
    Gostei muito.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  2. Mas esse autor é muito inventivo, hein?! rs Adorei! Parabéns pra ele.

    Beijos, Chica. Boa semana/!

    ResponderExcluir
  3. Que coisa maravilhosa esse poema com tantos insetinhos, uns bonitos, outros nojentos, mas todos parte da natureza. Por aqui agora morando em casa com muitas plantas aparecem grilos, borboletas, joaninhas, e baratas kkkk, formigas nem fale , ai por cadeia alimentar lá vem sapos e rãs que eu morro de medo, tem hora de tanto medo penso : vou tirar os vasos da varanda hehe

    ResponderExcluir
  4. É inseto pra caramba! Reclamo muito deles no verão. Parabéns Dante Marcutti pelas graciosas quadrinhas. Beijos amiga!

    ResponderExcluir
  5. Uauuuuuuuuuuuuuuu!!! Muito interessante este teu poema,gostei imenso!! As moscas e as melgas são o que mais me irrita no verão,são mesmo super irritantes!!

    ResponderExcluir

♥ ♥ ♥ Fico feliz de te ver aqui, falando comigo!beijos,chica ♥ ♥ ♥